Como Fazer Reeducação Alimentar

Como Fazer Reeducação Alimentar

Aprenda como fazer reeducação alimentar, que pode ser considerada como um dos grandes segredos para quem busca emagrecer de forma saudável.

Estando aliada à prática de atividades físicas, pode proporcionar tudo o que você precisa para conseguir chegar no corpo que almeja, sem que seja necessário fazer grandes gastos, investir em remédios, procedimentos cirúrgicos ou academias.

A seguir, vamos apresentar o que é e como fazer reeducação alimentar com a finalidade de emagrecer. Descreveremos quais são os tipos de alimentos mais indicados para quem busca perder peso de forma saudável, e muitas dicas mais para que se aproveite o máximo possível a sua dieta.

Confira…

O Que É Reeducação Alimentar?

Reeducação alimentar
É preciso fazer as escolhas certas quando se deseja perder peso

O nome pode assustar, afinal, ninguém, ou pouquíssimas pessoas, assumem a necessidade de se reeducar em qualquer aspecto.

No entanto, se o seu objetivo é emagrecer de forma saudável, é necessário encarar este processo, que pode ser conceituado como a modificação ou a abolição de uma série de hábitos alimentares que ajudaram a formar o seu corpo como está agora.

Então, se você percebeu que quer mudar seu corpo, que definitivamente quer emagrecer, por que ter medo de fazer a reeducação alimentar, considerando que toda a sua “educação alimentar” até agora, lhe levou aos quilinhos a mais que deseja eliminar?

É importante que se diga que a reeducação alimentar não diz respeito somente às modificações nas suas compras no mercado ou aos alimentos que você ingere. Por exemplo, além de reeducar o corpo, é preciso também, e talvez até mais desafiador, reeducar a mente, ou seja, modificar os seus hábitos alimentares para que não se sinta falta dos alimentos que costumava ingerir anteriormente.

Mas o que mudar? Como começar o processo de reeducação alimentar? Tudo isso e muito mais é o que abordaremos a seguir.

[Ver Também: Reeducação Alimentar X Dieta]

Como Fazer Reeducação Alimentar Para Emagrecer

Como ponto de partida para um processo satisfatório, é necessário a predisposição do indivíduo a alterar os seus hábitos alimentares.

Comer determinadas coisas em determinados lugares, em certas quantidades, em certos dias e etc., nada mais é do que o seu hábito alimentar.

então, para iniciar o processo de reeducação, é preciso que você se conheça, isto é, que você consiga identificar quais são os seus hábitos alimentares, quais podem ser os causadores pelos quilOs a mais, quais devem ser eliminados, quais podem ser preservados, e por aí vai.

Nesse sentido, o primeiro passo de como fazer reeducação alimentar pode ser resumido em uma palavra: autoconhecimento.

Com as informações sobre você mesmo, é iniciado o processo da reeducação alimentar propriamente dita, e aí muda muito de pessoa para pessoa, dos objetivos individuais que se tem com a reeducação, daquelas comidas que se gosta ou não e, então, o processo será próprio e único para cada pessoa.

Para lhe auxiliar, os nutricionistas dividem todos os alimentos em seis grandes seções, divididas em conformidade com os componentes substanciais de cada tipo:

São elas:

  1. Cereais integrais, azeite e óleos vegetais;
  2. Vegetais e frutos;
  3. Leguminosas, legumes e oleaginosas;
  4. Peixes, ovos, aves e mariscos;
  5. Laticínios ou suplementação de cálcio;
  6. Manteigas, carnes vermelhas, açucares e doces.

De acordo com a opinião de especialistas, uma alimentação diária balanceada envolve a combinação destas seis grandes seções em uma dieta regulada.

Esta técnica nutricional é conhecida popularmente como “montar um prato colorido”, que pode ser
entendido como o princípio de uma reeducação alimentar completa que visa reduzir a quantidade de calorias ingeridas diariamente e, ao mesmo tempo, propiciar a eliminação dos quilinhos indesejados.

Assim, a grande dica no que diz respeito à alimentação balanceada é conseguir combinar todos os tipos de alimentos.

E além de saber o que comer, é necessário também que se saiba quando comer, quanto comer e etc., e, nesse sentido, faz-se ainda mais necessário se reeducar, para que se consiga elaborar a dieta mais adequada para cada pessoa, considerando as condições do seu corpo e a quantidade de quilos que se deseja eliminar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *