Criolipólise, A Lipoescultura Do Futuro 

Criolipólise, A Lipoescultura Do Futuro 

Criolipólise é um procedimento estético não invasivo que promete congelar as gorduras localizadas!!!

Se você perguntar a uma mulher o que ela mudaria em seu corpo, a maioria irá lhe responder, a barriga ou o culote. Isso acontece porque essas são as regiões nas quais a mulher mais acumula gordura, causando os indesejáveis pneuzinhos.

Para tentar acabar com eles de uma vez, muita gente intensifica a malhação e aposta em tratamentos estéticos que prometem fazer a sua silhueta ficar mais enxuta e moldada, tudo sem agulha, sem anestesia e sem recuperação exaustiva ou dolorida.

Mas com a infinidade de procedimentos existentes hoje, ficam as dúvidas:

  • Qual devo fazer?

ou

  • Ele é o ideal para o meu problema?

Criolipólise, congele sua gordura

Pode parecer estranho dizer que a sua gordura será congelada, afinal é comum usarmos o termo “queimar gordura”, mas o tratamento estético conhecido como Criolipólise é o responsável por congelar as gorduras localizadas e eliminar até 40% dessa gordura em uma única sessão, número maior do que o de qualquer outro procedimento não invasivo.

O tratamento foi inventado por pesquisadores da Universidade de Harvard, entre as décadas de 80 e 90. A equipe liderada pelos doutores Dieter Mainstein e Rox Anderson começaram a observar como os moradores de regiões mais frias do mundo tinham as áreas expostas a baixas temperaturas com menos gordura. Foi aí que ele decidiram usar um método de congelamento capaz de acabar de vez com o acúmulo de gordura.

O estudo começou observando as células adiposas e percebendo que elas, quando submetidas a temperaturas baixas, acabam sendo eliminadas depois de um tempo x à essa exposição.

Como é feita a Criolipólise?

Procedimento estético
Realização da criolipólise

O procedimento estético é realizado durante 2 ou 3 horas.

Primeiro o especialista examina a área em que você quer fazer o procedimento, e verifica a quantidade de gordura ali existente. Depois ele aplica um produto que servirá para produzir uma leve película de proteção da pele. Então é hora de colocar a máquina no local que irá “sugar” a pele e programá-la para os 2ºC negativos, permanecendo na mesma temperatura durante todo o tratamento.

A temperatura baixa faz com que as células sofram um processo chamado de apoptose, que nada mais é do que a morte celular. Essa gordura é então liberada pelo organismo em até 90 dias.

A Criolipólise pode ser feita em áreas como barriga, parte interna das coxas, flancos e braços.

Alguns pacientes sentem um leve incomodo, mas o procedimento estético não causa dor, apenas um pequeno edema que desaparece em até 48 horas, assim como o inchaço da região.

O importante é que esse procedimento não causa nenhum dano aos músculos ou nervos, isso porque as células adiposas são as mais sensíveis as baixas temperaturas e depois que “morrem”, o organismo não as identifica e, por isso, as elimina, principalmente na urina.

Benefícios da Criolipólise

  • O procedimento pode ser feito tanto no frio quanto no calor, isso porque não existe um tempo “recomendado” para o paciente voltar a tomar sol, por exemplo.
  • Elimina em uma única sessão mais de 40% da gordura localizada em uma única área.
  • Não é invasiva e é recomendada para quem tem sobrepeso ou sofre de obesidade.
  • Não é preciso usar cinta elástica depois do procedimento, mas muita gente a usa para potencializar as curvas.
  • O procedimento combate a flacidez e a celulite, e pode ser feita em até duas áreas no mesmo dia.
  • O paciente pode realizar uma segunda sessão em até dois meses depois da primeira, possibilitando assim que o congelamento das células adiposas seja maior e mais intenso.
  • O paciente não precisa fazer repouso e pode voltar as atividades no mesmo dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *