Categoria: Dietas para Emagrecer

Dietas para emagrecer podem ser perigosas, ou grandes aliadas da perda de peso! Veja aqui uma lista de dietas desde as mais famosas, até as menos conhecidas, e mais simples de serem feitas, seus prós e contras, assim como cardápios completos.

Cardápio da Dieta Do Chá, Dicas E Receitas

Cardápio da Dieta Do Chá, Dicas E Receitas

Dieta do chá: Os chás podem ser verdadeiros aliados de uma dieta para emagrecer, por isso divulgaremos um cardápio e a combinação de algumas ervas que, juntas, trabalharão para uma queima de gordura mais rápida e efetiva, podendo eliminar até 6kg em apenas um mês!

O cardápio é delicioso e traz 5 opções por refeição, por isso não há desculpa para começar. Além disso, apresentamos três listas de ervas para você escolher e fazer os chás que deverão ser tomados no intervalo entre as seis refeições (sim, seis, não se pode dizer que esta dieta faz passar fome).

Alguns podem se perguntar o porquê de seis refeições, e achar que isso possa levar a um excesso de peso. Porém, não se esqueça da importância de se alimentar de três em três horas para manter o estômago sempre trabalhando, e para manter o metabolismo acelerado, e ainda por cima as refeições do cardápio da dieta do chá são saudáveis, gostosas, equilibradas e com menor quantidade de calorias possível.

Aprenda para que servem as ervas, quais seus efeitos, como preparar os chás, e veja um cardápio elaborado pelo site Boa forma e que pode ser seguido como exemplo. E não se esqueça da importância de procurar um profissional da saúde antes de iniciar uma dieta.

Veja também receitas de Chás Para Deixar O Abdômen Chapado.

Opções de Ervas e Seus Efeitos

dieta do chá para emagrecer

Aprenda um pouco sobre o efeito de cada erva apresentada a seguir, e qual a forma correta de preparar os seus chás emagrecedores.

Ervas Desintoxicantes

Os chás desintoxicantes (ou detox) tem a função de efetuar uma limpeza no organismo, o que vai ajudar na aliminação de toxinas e de gordura, agindo como verdadeira faxina no seu corpo. Algumas opções de ervas desintoxicantes (Caso queira entender melhor sobre elas, basta clicar sobre):

Ver também: Dieta Desintoxicante Pós-Festas.

Ervas Termogênicas

As ervas termogênicas tem o papel de acelerar o metabolismo, assim como a queima de gorduras. Algumas opções de ervas termogênicas:

Ver também: Dieta do chá verde.

Diuréticas

Estas são as responsáveis pelo combate à famosa e temida retenção de líquidos, que pode ser um verdadeiro vilão no espelho, para quem está em busca de perder uns quilinhos, e talvez possa ter este problema intensificado com a retenção e o inchaço causado por esta na barriga e no corpo. As ervas diuréticas facilitam a eliminação de toxinas pela urina, e ajudam a eliminar o inchaço.

Algumas opções de ervas diuréticas:

  • Borragem
  • Cavalinha
  • Cabelo de milho
  • Sete sangrias;
  • Ifafa
  • Quebra-pedra.

Leia também: O Perigo Dos Diuréticos Para O Emagrecimento e Dieta para Tratar Retenção de líquidos.

Sugestões

Algumas boas sugestões de combinações das ervas são:

  • Carqueja, centelha e cavalinha.
  • Dente-de-leão, centelha e alfafa.
  • Chá verde, boldo e cavalinha.
  • Dente-de-leão, chá verde e hibisco.
  • Chá branco, hibisco e carqueja.

Como preparar o Chá

  1. Primeiro você deverá escolher uma erva de cada grupo, ou seja, uma diurética, uma termogênica e uma desintoxicante.
  2. Utilize uma colher de sopa de cada, (exceto no caso do chá verde. Apenas uma colher de chá deve ser utilizada) em recipiente que seja de vidro ou porcelana para que as propriedades do chá não sejam alteradas;
  3. Ferva 1 litro de água numa panela, e despeje no recipiente com as ervas. Abafe por 10 minutos. Após, coe o chá e beba entre as refeições.

Você pode usar a mesma mistura por três dias. Após, é preciso fazer uma nova combinação para que se consiga resultados. Prepare o chá para um dia apenas, pois de um dia para o outro as propriedades não são mais as mesmas.

Não consuma mais do que 1 litro do chá por dia. Beba de três a quatro xícaras apenas por dia.

Cardápio da Dieta do Chá

Café da Manhã

Escolha uma das opções abaixo:

  1. 1/2 papaia com 1 colher (sopa) de farelo de aveia, 2 biscoitos água e sal com geleia sem açúcar, 1 copo (200 ml) de leite de soja light batido com cacau em pó;
  2. 1 fatia média de melão, 1 xícara de leite desnatado com café (adoçante, opcional), 1/2 pão francês sem miolo com 1 fatia de queijo branco light;
  3. Lanchinho com 1 fatia de pão integral light com creme de ricota (ou requeijão light), 1 copo de suco de melão batido com 1 colher de linhaça;
  4. Sanduíche com 1 fatia de pão integral light com 2 fatias de peito de peru light, 1 copo (300 ml) de suco de mamão e laranja batido com 1 colher (sopa) de aveia;
  5. 2 torradinhas integrais com geléia sem açúcar, 1 pote de iogurte natural desnatado com 1 colher de aveia e 5 morangos.

Lanches intermediários

Os lanches intermediários se encaixam entre café e almoço, e almoço e jantar.

Escolha uma das opções abaixo:

  1. 1 pote de iogurte de fruta light;
  2. 1 fatia de pão integral light com creme de ricota (ou requeijão light);
  3. 1 barra de cereais light;
  4. 1 porção de fruta (1 maçã, 1 banana, 1 pera, 1 fatia média de mamão ou melancia);
  5. 1 queijinho fundido com fibras (tipo Polenguinho).

Almoço

Escolha uma das opções abaixo:

  1. 1 prato (sobremesa) de alface com tomate e chuchu cozido com sal, 1 fio de azeite e limão, 3 colheres de sopa de arroz integral, 1/2 concha de feijão, 1 peito médio de frango grelhado e 1 taça de gelatina diet de sobremesa;
  2. Brócolis cozidos com alho tostado e 1 fio de azeite (medida de um pires), mais 1/2 beterraba cozida com sal e salsa, 1 filé de peixe grelhado, 3 colheres (sopa) de arroz integral, 1 taça de pudim diet de sobremesa;
  3. 1 pratinho de salada de agrião com 1/2 pepino e 2 rabanetes cortados em rodelas finas com sal e limão, 1 pratinho de soja cozida com salsa, 1 fio de azeite e sal, mais 1 pegador de macarrão com abobrinha, tomate e berinjela, e 1 copo de gelatina diet na sobremesa;
  4. 1 pratinho de salada de rúcula com 2 colheres (sopa) de grão-de-bico com 1 fio de azeite e sal, 4 colheres de sopa de frango xadrez, 3 colheres (sopa) de arroz integral, e de sobremesa 1 copo de gelatina diet;
  5. 1 pratinho de salada de alface com 2 buquês de couve-flor cozida com 1 fio de azeite e sal, 3 colheres (sopa) de abobrinha refogada, 3 colheres (sopa) de arroz integral e 1 filé médio de carne que pode ser frango, alcatra, patinho, e deve ser grelhada. E na sobremesa, um copo de flã diet.

Jantar

Escolha uma das opções abaixo:

  1. 1 prato de salada, 2 pegadores de macarrão integral com 1/2 lata de atum light, 5 tomates-cereja e 2 azeitonas com salsa, 1 fio de azeite e sal;
  2. 1 pratinho de salada de alface, 3 colheres (sopa) de ervilha e 1 ovo cozido com 1 fio de azeite e sal, 1 hambúrguer de soja (ou frango) grelhado, 3 colheres (sopa) de purê de mandioquinha;
  3. 1 pratinho de salada de rúcula e 1 tomate com sal e 1 fio de azeite, 2 batatas médias cozidas e recheadas com requeijão light, + 1 colher (sopa) de carne moída refogada;
  4. 1 pratinho de salada de agrião, alface e rúcula com 1 fio de azeite, sal e limão + 1 pão árabe médio com molho de tomate, ricota e orégano (tipo pizza);
  5. 1 pratinho de salada de brócolis e abóbora cozidos com salsa, 1 fio de azeite e sal, 3 colheres (sopa) de arroz integral, 1 filé de carne magra (coxão-mole) grelhada.

Ceia

  1. 1 torrada com geleia sem açúcar;
  2. 1 fatia de queijo branco light;
  3. 1 porção de fruta (1 banana, 1 maçã, 1 pera, 1 fatia média de abacaxi ou melão);
  4. 1 pote de iogurte natural desnatado com 1 col. (sopa) de aveia;
  5. 1 biscoito de gergelim com requeijão light.

Conhecimento é algo que deve ser repassado. Que tal compartilhar estas dicas com seus amigos?

Vença os Desafios da Dieta

Vença os Desafios da Dieta

Com três dicas fáceis de seguir você vai aprender a vencer os desafios da dieta, e entender o porquê você pode estar sabotando a sua.

Dieta nada mais é do que uma prescrição alimentar feita por um profissional habilitado de forma exclusiva para cada paciente. Desse modo, você se alimenta da maneira correta para o seu organismo funcionar bem. Mas a quantidade de dietas que surgiram com o passar dos anos, e a ineficiência da maior parte delas, fez com que muita gente relacionasse a palavra com uma carga negativa, capaz de causar uma série de dúvidas.

Uma dieta é completa e fornece a você todos os nutrientes necessários para o seu corpo, levando em conta a quantidade de calorias diárias que você deve consumir. Ela pode ser ajustada em alguns momentos, com uma quantidade menor de calorias quando você está acima do peso, ou até mesmo para uma quantidae maior caso você esteja com o déficit de peso.

Além disso, ela também é indicada de acordo com as condições fisiológicas, e distribui a quantidade de gorduras, proteínas e açúcares em cada uma das refeições.

Os desafios de uma dieta

Como vencer os desafios da dietaPara algumas pessoas, fazer dieta significa deixar de lado os prazeres que sempre se teve na comida. Com isso surge uma série de desafios, que farão com que você não tenha sucesso nesse novo planejamento, ou que acabe voltando aos hábitos antigos, não conseguindo conquistar uma vida mais saudável, perder peso ou ganhar massa magra.

1 – Desmotivação

O primeiro desafio encontrado em uma dieta é a chance de se desmotivar com facilidade. E isso pode acontecer por conta da restrição de um grupo alimentar (ou alimento) com o qual você estava acostumado, mas que agora foi completamente retirado de seu cardápio.

2 – Entrar em uma nova rotina

Não importa se ela for física ou alimentar, uma nova rotina é motivo de estresse para muita gente e isso pode fazer com que você se desmotive e abra mão de um novo cardápio em busca de uma vida mais saudável e um corpo com menos gordura.

3 – Pesar-se constantemente

Algumas pessoas quando entram em dieta querem ter resultados rápidos e passam a se pesar com uma frequência muito maior, o que não é aconselhável visto que o corpo necessita de um tempo para se acostumar e começar a eliminar peso. E isso pode fazer com que você também se desmotive e imagine que está “sofrendo” demais para não conseguir aqueles resultados que havia imaginado.

Outro item está no fato de que muita gente se olha no espelho, mas não vê a diferença de peso que a balança acusa. Isso é natural e acontece porque o corpo necessita de mais tempo para apresentar mudanças significativas e visíveis.

Vença os desafios da dieta

Para vencer todos os desafios existentes em uma dieta é preciso que você tenha foco e um objetivo claro. Pessoas que sabem o que querem e se focam naquilo dificilmente se deixam levar por “compensações” instantâneas e racionalizam mais na hora de se alimentar.

Esses desafios também podem ser superados com a ajuda de amigos, de um diário ou até mesmo da conversa com pessoas que estejam passando pela mesma situação. Trocar experiências faz com que você perceba que os obstáculos são comuns, e que você pode vencer cada um deles com dicas de quem já passou por aquilo.

Porquê você sabota a sua dieta

Sabotar a dieta é mais comum do que se imagina. Muitas pessoas pensam que estão fazendo tudo certo, mas a verdade é que aos poucos sabotam o próprio processo de emagrecimento, o que faz com que elas se questionem se realmente conseguem alcançar a meta que traçaram.

Um dos itens campeões na hora de sabotar a dieta é o consumo de produtos industrializados como: creme de ricota, requeijão light, molho de tomate pronto, barras de cereal, shakes prontos, entre outros. Esses itens possuem alto teor de sódio, além de conservantes que acabam prejudicando o trabalho de suas células, fazendo com que você retenha líquidos e até ganhe peso. Além disso, esses alimentos dão a falsa sensação de que podem ser consumidos sem muito controle.

Leia também: Como fazer uma dieta eficiente

As barras de cereal com chocolate são um exemplo. Elas tem um valor calórico relativamente alto para um lanche, e o chocolate presente em sua composição pode ainda ocasionar um “desejo” por uma guloseima mais calórica.

Se exercitar em exagero também é um modo de sabotar a dieta que nem sempre é contabilizado Quem pratica muita atividade física acredita que está apenas gastando calorias, mas a verdade é que exagerar na atividade pode fazer com que o seu organismo necessite de mais nutrientes, fazendo com que seja preciso aumentar a quantidade de calorias que você deve ingerir para perder peso.

Dicas para não sabotar a dieta

Para fugir dessas sabotagens e conseguir alcançar o corpo que você deseja é possível colocar em prática uma lista de dicas fáceis de serem executadas, e que no fim do mês te ajudarão a fazer os ponteiros da balança se mexerem com mais facilidade.

1- Tenha um momento tranquilo para se alimentar:

Nada de comer rápido ou de fazer as refeições em frente ao computador ou televisão. Se alimentar é, em parte, uma atividade visual e se você não prestar atenção no seu prato, dobram-se as chances de comer de forma exagerada.

Estipule também um tempo para se alimentar e se preciso, e você pode até controlar este tempo com um cronômetro. Essa dica é ideal para quem come depressa, o que dificulta a digestão alimentar e faz com que você retenha líquidos e sinta fome mais rápido do que deveria.

2 – Sucos não são totalmente liberados:

Eles são vistos como verdadeiros aliados das dietas, mas podem se tornar vilões quando consumidos em exagero. Isso porque um copo de suco não é feito apenas com uma porção da fruta, o que faz com que você aumente sem nem se dar conta a quantidade de frutose que ingere.

3 – Planeje suas compras e suas refeições:

Ao chegar ao supermercado certa do seu cardápio, você precisa evitar a compra de alimentos que podem fazer você furar a dieta. Como costumo dizer, é muito mais fácil “se segurar” na hora de comprar um doce do que depois que você já comprou e não pode comer naquele dia, ou tudo de uma vez (fica a dica).

Leia também: Não Importa A Dieta, Mas A Disciplina!

Dieta para Tratar Retenção de líquidos

Dieta para Tratar Retenção de líquidos

Retenção de líquidos é um dos temas mais discutidos por quem quer emagrecer e perder medidas, já que é apontada como a principal responsável do aumento da circunferência abdominal e da sensação de inchaço.

É normal que as pessoas percebam a retenção de líquidos ao sentirem as pernas ou braços inchados, ou até mesmo por sentirem a calça mais apertada, mesmo depois de horas a usando.

O que é retenção de líquidos

Retenção de líquidos
A melancia é um dos alimentos mais indicados contra a retenção de líquidos.

O nome retenção de líquidos é na verdade um termo usado popularmente para caracterizar o inchaço do corpo ou de apenas uma parte dele, como os pés, calcanhares, pernas, barriga, entre outros.

Essa retenção é na verdade um edema que aparece na pele devido ao líquido pobre em proteínas qie cai dos nossos vasos sanguíneos para o tecido subcutâneo. Esse edema faz com que a pele fique brilhante e elevada, e que ao tocá-la com os dedos ou acessórios, fique facilmente marcada.

Vale lembrar que o nosso corpo é composto por nada menos do que 2/3 de água, o que mostra a importância da hidratação para o nosso organismo e também revela que a retenção de líquidos é mais frequente do que imaginamos, principalmente se o organismo se encontra desequilibrado, situação comum em pessoas que não seguem uma dieta rica em nutrientes.

Causas

Entre as causas mais comuns para retenção de líquidos estão:

  • A pressão regional;
  • Quantidade de sais presentes no organismo;
  • Excesso de proteínas no sangue;
  • Sedentarismo;
  • Doenças da tireóide ou renais;
  • Remédios anti-hipertensivos;
  • Reações inflamatórias ou alérgicas;
  • Problemas circulatórios;
  • Doenças no fígado ou no coração.

O normal é que as pessoas que sofrem com a retenção de líquidos tenham edemas freqüentes nas regiões mais propensas do corpo, como as costas, pernas e pés, mas é possível também que o problema apareça em outras regiões do corpo.

Tratamento para retenção de líquidos

Antes de iniciar qualquer tratamento o médico deve solicitar uma série de exames que medirão a quantidade de sais e proteínas no sangue e organismo, assim como investigar algum processo inflamatório ou problema de saúde associado.

Em alguns casos é preciso o uso de medicamentos diuréticos que ajudem o organismo a manter o equilíbrio necessário, mas o mais comum é que apenas a mudança na alimentação já seja o suficiente para solucionar o problema, e fazer com que a pessoa tenha uma vida mais saudável.

Ler também: Chá De Alecrim Reduz A Retenção De Líquidos.

Dieta diurética, anti-retenção de líquidos

Essa dieta tem como principal objetivo eliminar o excesso de sódio e os processos inflamatórios que podem estar atrapalhando o emagrecimento e ainda aumentando a retenção de líquidos no corpo.

Para que isso aconteça, ela restringe o consumo de alimentos ricos em sódio (como os industrializados), além de diminuir a quantidade de lactose que ingerimos por dia (muitas vezes responsável pelo processo inflamatório do organismo).

A dieta diurética consiste na inserção de alimentos como:

  • Melancia;
  • Abacaxi;
  • Limão;
  • Chás;
  • Vitaminas.

Entre outros alimentos que tenham como objetivo auxiliar a “limpeza” do organismo e seu equilíbrio.

Além disso, é recomendado fazer também a ingestão de mais de 2 litros de água diários, que ajudarão a eliminar as impurezas do corpo e reduzir o inchaço.

Alimentos como carboidratos brancos são substituídos pelos integrais, e os queijos amarelos e ricos em sódio e lactose saem do cardápio dando lugar a ricota e ao iogurte natural.

É preciso lembrar que a retenção de líquidos só é diminuída com a dieta diurética se ela não estiver associada a nenhuma doença. Por isso, se você sofre com o problema há algum tempo e a nova alimentação não eliminou os sintomas, procure um médico para orientação.

Dieta sem glúten: emagrece ou faz mal?

Dieta sem glúten: emagrece ou faz mal?

A dieta sem glúten é uma realidade na vida de pessoas com a doença celíaca, mas ultimamente vem sendo adotada por uma série de pessoas que querem perder peso de forma rápida.

Isso porque o glúten é atualmente tratado como o verdadeiro vilão da perda de peso e da boa forma, o que faz com que muita gente elimine os alimentos ricos nessa substância de seus cardápios. Além disso, é cada vez mais comum encontrarmos nos supermercados alimentos cuja embalagem avisam “não contém glúten”.

Dieta Sem glúten

O glúten é uma proteína grande formada por duas proteínas de tamanho menor: a glutenina e a gliadina. Essa substância é encontrada em cereais como centeio, malte, trigo, entre outros, sempre junto com o amido.

Benefícios Da Dieta Sem Glúten

Muitos especialistas afirmam que a dieta sem glúten funciona pelo fato de aumentar a produção de hormônios que estão ligados a digestão e também a saciedade. Isso porque o glúten é tido como o principal vilão na diminuição da produção desses importantes hormônios.

Algumas pesquisas revelam que o glúten permite a permeabilidade intestinal, mas o problema é que alguns pedaços dessas substância, que não são digeridos no intestino, acabam caindo na corrente sanguínea, o que causa uma reposta inflamatória do corpo, que agrava a obesidade e pode até desencadear a doença celíaca.

Por esse motivo, a dieta sem glúten propõe que a pessoa fique um tempo sem consumir a substância, o que fará com que o processo inflamatório seja revertido e ela consiga ainda eliminar até 3 quilos em apenas alguns dias.

Para isso, é preciso também saber realizar a troca alimentar e incorporar no seu cardápio alimentos mais orgânicos que vão melhorar e muito a qualidade de todas as calorias que você está ingerindo todos os dias.

Entre os alimentos permitidos nesta dieta sem glúten e que podem ser uma boa fonte de substituição alimentar estão os iogurte do tipo Grego, a farinha de arroz, a quinoa, os ovos, as nozes, o óleo de coco, o abacate e os peixes.

A batata doce, por exemplo, é muito usada por conta da quantidade de alimentos ricos em carboidratos que são cortados da maior parte das dietas para emagrecer. A batata doce não contém amido e é um alimento rico em nutrientes, mas com um baixo índice glicêmico, e por isso, muito consumido em dietas. Já a farinha de arroz é uma ótima substituta da farinha comum e possibilita que o consumo de alguns pães e bolos não seja completamente cortado da dieta.

Os cuidados com a dieta sem glúten

Alguns especialistas fazem uma ressalva quando o assunto é a dieta sem glúten. De acordo com eles é preciso que a dieta seja seguida por no máximo 15 dias. Isso porque pessoas que não tem a doença celíaca necessitam da substância no organismo, principalmente no processo de digestão e no corte prolongado desses alimentos, que pode acabar fazendo mal ao nosso corpo.

Os alimentos que contém glúten também são importantes fontes de energia e por isso não podem ficar muito tempo fora dos nossos cardápios. Alguns nutricionistas afirmam que o corte da substância deve ser feita apenas com prescrição médica, e conhecimento clínico do paciente, assim como defendem que a substância deve ser reinserida aos poucos na dieta, mas em pequenas doses, até que o corpo se acostume e não seja sobrecarregado.

Por isso, antes de entrar em uma dieta tão restritiva e talvez até difícil, o importante é que você tenha em mente que a reeducação alimentar é o melhor caminho para quem quer perder peso e que a prática diária de atividade física pode lhe ajudar de forma mais rápida a eliminar os quilos que você adquiriu ao longo do tempo.

Dieta Dos Cinco Fatores (Dieta Da Megan Fox)

Dieta Dos Cinco Fatores (Dieta Da Megan Fox)

Conheça a nova dieta da moda, a Dieta dos Cinco Fatores, seguida pela estrela do filme “Transformers”, Megan Fox.

Essa dieta foi criada pela canadense Haley Pasternak, uma personal trainer que aliou um cardápio restrito à prática de atividade física, e que já ajudou outras estrelas como a Lady Gaga, Mandy Moore e Eva Mendes a perderem alguns quilos. Mas ela ganhou fama mesmo quando Megan Fox anunciou que a seguia.

O nome Dieta dos Cinco Fatores diz respeito ao número de refeições que devem ser feitas por dia. Ao todo são 5 (as três principais e dois lanches). Também são 5 importantes grupos alimentares que devem ser ingeridos todos os dias no cardápio, além do nome da dieta também ter a ver com o número de semanas que a dieta pode ser seguida, que são no máximo 5 semanas.

Como funciona a Dieta dos 5 fatores?

Dieta dos 5 fatoresPara seguir a Dieta dos 5 Fatores, é preciso consumir regularmente 5 refeições: café da manhã, almoço, jantar, e dois lanches (um em cada intervalo entre as refeições).

Grupos Alimentares

Nessas refeições é preciso que contenham alimentos pertencentes aos 4 grupos alimentares citados a seguir.

1. Proteínas

É preciso incluir no cardápio uma proteína desde que seja magra, ou uma proteína conhecida como de alto valor biológico, como os queijos magros, iogurtes desnatados e o leite desnatado.

2. Carboidrato De Baixa Carga Glicêmica

O segundo grupo alimentar que deve estar presente no prato é um carboidrato de baixa ou média carga glicêmica (os chamados complexos). Entre eles está a quinoa, o grão de bico, a ervilha, o feijão, o arroz integral, biscoitos ou pães integrais, batata doce, inhame, centeio, amaranto e frutas e verduras que tenham um índice glicêmico de no máximo 30.

3. Fibras

Quando falamos das fibras, o permitido na Dieta dos 5 fatores são apenas 2 gramas em cada refeição. Entre eles está a granola, os cereais e grãos integrais, a aveia, entre outros.

4. Ácidos Graxos

Os ácidos graxos são o 4º grupo alimentar que deve estar no cardápio, mas eles devem ser insaturados, como o abacate, as sementes oleaginosas (avelãs, amêndoas, nozes, castanho do pará, semente de girassol e gergelim, entre outras) e também o azeite de oliva extravirgem. Já as bebidas estão liberadas, desde que não contenham açúcar em sua composição.

Dieta
Oleaginosas estão liberadas nesta dieta

Além disso, é preciso que se reserve no mínimo 25 minutos diários para realizar alguma atividade física de sua escolha. Pode ser dança, pilates, musculação, natação, corrida, entre outras. Lembrando que o treino intervalado de alta intensidade é o mais indicado para quem quer emagrecer rápido, porque é otimizado para a perda de peso com apenas alguns minutos de exercícios diários.

Prós e Contras da Dieta dos 5 Fatores

Por ser uma dieta rica em fibras, elas proporciona uma melhora considerável no intestino e também no metabolismo do nosso organismo. Além disso, o consumo desses alimentos permite que os níveis de glicose e também do colesterol possam se normalizar.

Alguns especialistas afirmam que a Dieta dos 5 Fatores é muito restritiva, não possui nenhuma fonte de carne vermelha, ovos, peixes ou proteína vegetal ou verduras verde-escuras como espinafre ou a couve. O problema é que esses alimentos são ricos em ácido fólico, vitaminas do complexo B e ferro, nutrientes importantes para o funcionamento do nosso corpo e que se não consumidos podem acarretar em alguns problemas de saúde.

Com isso, alguns nutricionistas afirmam que a Dieta dos 5 Fatores pode até fazer com que o paciente perca muito peso de uma única vez (a promessa é de no mínimo 7 kg), mas pode também fazer com que você comprometa a sua saúde. O ideal é procurar um nutricionista capaz de montar uma dieta específica para você.

Açafrão: Cardápio Para Eliminar 4Kg Em 21 Dias

Açafrão: Cardápio Para Eliminar 4Kg Em 21 Dias

Açafrão é uma especiaria que se utilizada da maneira correta, pode te ajudar a eliminar 4kg em apenas 21 dias.

Entenda como funciona o seu processo de quebra das células gordurosas, saiba como desinchar utilizando o tempero, e ao final, veja qual o cardápio recomendado para eliminar 4kg em menos de um mês.

Açafrão Emagrece

Além de ajudar a perder peso, o açafrão ainda oferece outros benefícios à saúde de quem o inclui na alimentação.

Dieta do açafrão

Equilibra Os Níveis De Açúcar No Sangue

O açafrão emagrece, por equilibrar os níveis de açúcar no sangue. Ele ajuda a manter o bom funcionamento do organismo, o que é essencial para a quebra de gordura.

Elimina As Toxinas

Barry Sears, presidente da Fundação de Pesquisa sobre Inflamação dos Estados Unidos explica que numa alimentação normal, milhões de toxinas passam pela corrente sanguínea e contribuem para a formação de células adiposas. Quando estas células inflamam, a pessoa engorda, e o açafrão ataca esse processo.

Quando o açafrão “encontra” as células de gordura, é emitida uma ação mutiladora que quebra a gordura. O sistema imunológico coopera nesse processo, e promove maior limpeza das células.

O açafrão age reduzindo a produção de gordura. Ele ainda age como um anti-inflamatório natural devido à presença da curcumina, substância que elimina as toxinas e acaba com as inflamações, que podem estar em forma de gordura localizada e celulite.

Efeito Termogênico

Além de tudo, o alimento é termogênico. Ao aumentar a temperatura corporal, isso ajuda na aceleração do metabolismo.

Previne Algumas Doenças

A cúrcuma também ajuda a combater o mal de Parkinson e o Alzheimer, de acordo com estudos realizados pela Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto.

Uma amostra clínica conduzida na Ásia submeteu um grupo de pessoas pré-diabéticas a uma dieta com açafrão por seis meses.

Nove meses depois, nenhuma delas havia desenvolvido a doença, enquanto 19% das que estavam no grupo de controle e que não comeram açafrão ficaram diabéticas.

Dicas Para Eliminar O Inchaço

O açafrão ajuda a reduzir o inchaço, quando utilizada a quantidade de 1 colher (sopa) por dia, em peixes, frango, arroz integral, risotos, sopas e até em molho para salada.

De início, pode ser usado todos os dias e, após um mês, três vezes por semana, para manter o peso.

Ver Também: Receita De Arroz Com Açafrão

Contraindicações Do Açafrão

Mulheres grávidas ou lactantes, e pessoas com cálculos biliares ou úlceras estomacais, devem obter orientação médica antes de fazer a ingestão do açafrão.

Cardápio Com Açafrão

Este cardápio publicado no M de Mulher, foi desenvolvido para quem pretende eliminar peso inserindo o açafrão na alimentação.

Café Da Manhã

  • 1 copo de suco de frutas vermelhas;
  • 2 torradas sem glúten com queijo de minas;
  • 3 damascos.

Lanche Da Manhã

  • 2 bananas amassadas com 1 colher (sobremesa) de farinha de aveia e pitadas de canela.

Almoço

  • 1 prato fundo de folhas verde-escuras: rúcula, agrião, acelga e couve picados e temperados com limão e um fio de azeite de oliva extravirgem;
  • 3 colheres (sopa) de arroz com açafrão e frango;
  • 1 picolé de coco como sobremesa.

Lanche Da Tarde

  • 1 tigela pequena de açaí natural;
  • 1 colher (sopa) de granola light.

Jantar

  • Omelete feita com 2 ovos inteiros, 1 clara, 1 colher (chá) de açafrão, 2 rodelas de abobrinha cozida, 2 tomates-cereja e azeite de oliva extravirgem.
Tratamento Ortomolecular Para Emagrecer

Tratamento Ortomolecular Para Emagrecer

Entenda como funciona o tratamento ortomolecular para emagrecer. Sua dieta ficou famosa em 2010 e até hoje faz a cabeça, e o corpo, de muita gente. Mas você sabe o que é essa dieta e por que ela promete lhe fazer emagrecer de uma vez por todas?

Baseada na idéia de que nosso corpo nos mostra qual o perfil ideal de nutrição que temos que seguir, a medicina ortomolecular é cara mas tem sido muito utilizada, principalmente por celebridades em todo o país.

Dieta ortomolecular

A atriz Giovanna Antonelli por exemplo, chegou a perder 20kg com o tratamento após sua gravidez.

A eficácia da dieta acontece porque com o tratamento é possível corrigir algumas deficiências bioquímicas, e equilibrar nosso organismo, promovendo um emagrecimento saudável e seguro e com uma dieta única, feita exclusivamente para você, de acordo com as necessidades de seu corpo.

Mas se engana quem pensa que o tratamento ortomolecular para emagrecer é o único que existe. Este tipo de tratamento é também um dos preferidos por quem busca combater os sinais da idade, ou os problemas capilares e de pele.

Como funciona

A Dieta Ortomolecular chegou ao mercado das dietas com o status de ser mais rápida e mais eficaz, mas nem todo mundo sabe realmente como ela funciona.

A primeira coisa a se fazer é procurar por um especialista na área e contar toda a sua trajetória de perda de peso. Com os dados em mãos, será a hora de fazer uma bateria de exames como os convencionais de sangue, urina, mineralograma e até mesmo parasitório. No mileralograma, por exemplo, o médico irá investigar se você possui alguma deficiência de minerais e se não está contaminado com algum metal pesado.

Quando os exames chegarem ao médico, será a hora dele prescrever, de acordo com as necessidades de seu organismo, fórmulas manipuladas que tenham como objetivo retomar o equilíbrio de seu corpo, o que fará com que seu organismo não retenha líquidos, que os picos de insulina não ocorram e até que sua glicemia fique controlada. Mas se engana quem pensa que o tratamento é feito apenas a base dessas fórmulas.

Este tratamento ortomolecular para emagrecer também consiste na implantação de uma alimentação adequada, capaz de excluir de sua rotina alimentar tudo aquilo que faz mal, e todos os produtos industrializados. Sim, a dieta ortomolecular segue o processo in natura: quanto mais fresco for o alimento, melhor para você e para a sua saúde.

Com essas as alimentares seu organismo sofrerá modificações significativas que farão com que seu intestino melhore, a eliminação de toxinas seja mais efetiva, assim como a absorção dos nutrientes, entre outros benefícios. Tudo isso fará com que a queima de gordura aconteça de forma mais acelerada,  permitindo que os resultados apareçam já no primeiro mês do tratamento.

Dicas Do Tratamento Ortomolecular Para Emagrecer

Quem inicia um processo de emagrecimento com a ajuda da Dieta Ortomolecular sabe que algumas dicas dadas pelos especialistas podem ajudar, e muito, em todo o processo, além de fazerem com que nossa alimentação seja a mais saudável possível. Por isso, listamos algumas das medidas que são tomadas em paralelo com os medicamento e alimentação e que podem lhe ajudar muito na hora de perder peso:

  • Não cozinhe demais os seus alimentos: Quanto mais cozidos eles estiverem, menor será a quantidade de nutrientes.
  • Não guarde frutas e verduras na geladeira por mais de 3 dias, o refrigeramento também faz os nutrientes desaparecerem dos alimentos.
  • Coma apenas de 3 em 3 horas, nem mais nem menos. Com muito tempo de jejum seu cérebro entenderá que você está passando fome, e é aí que você engorda. Com menos tempo de jejum seu organismo não precisa do alimento e também o acumula.
  • Não beba durante as refeições. O líquido dificulta a digestão, além de dilatar o estômago e fazer você comer mais do que está acostumado.

Se quiser saber melhor como o tratamento ortomolecular para emagrecer funciona, e conhecer um cardápio de sua dieta, veja o post Dieta Ortomolecular.

Dieta do DNA, A Importância Do Genoma

Dieta do DNA, A Importância Do Genoma

Você já deve ter ouvido que dieta é algo muito particular e com a Dieta do DNA a particularidade é tanta, que toda a sua alimentação servirá apenas para você.

Isso porque a descoberta do Projeto Genoma, há pouco mais de 20 anos, fez com que os cientistas pudessem ver de forma mais precisa como cada nutriente é recebido e como ele interage com o nosso corpo.

Tais estudos, que ganharam o nome de nutrigenômica, possibilitam que o seu nutricionista possa criar um plano alimentar personalizado, respeitando os limites de seu corpo, e como ele processa cada nutriente em cada horário.

Como Funciona A Dieta Do DNA?

Dieta para emagrecer

A Dieta do DNA revela que mesmo que você acredite que cortar o carboidrato a noite é o único meio de emagrecer, talvez o seu organismo precise do nutriente no final do dia.

Isso acontece porque com o estudo realizado com uma pequena amostra de saliva, verificou-se que é possível identificar se um nutriente está estimulando ou inibindo certos genes, assim como o seu metabolismo.

Esse exame de saliva demora, em média, 40 dias para que os resultados sejam analisados pelo médico. Nele, o profissional da saúde tem acesso as diversas características genéticas do paciente, e pode até mesmo identificar mutações que podem indicar a predisposição para a compulsão alimentar, obesidade, ou a dificuldade do organismo em quebrar o açúcar e a gordura no organismo.

Com o exame, o médico ainda consegue escolher qual o melhor tipo de gordura para a sua saúde, qual a freqüência e intensidade de sua atividade física, qual a quantidade de carboidrato e proteína, e tudo isso para que a sua perda de peso seja efetiva.

Aqui no Brasil, os planos de saúde ainda não fazem a cobertura do exame necessário para o que o mapeamento genético aconteça (o exame de saliva que dissemos anteriormente). Por enquanto, o valor desse exame sai por volta de R$ 2.300,00, e a amostra é enviada para os Estados Unidos e retorna ao país em até 40 dias.

Com essa análise genética já impressa, é hora de colocá-la em todas as possibilidades possíveis. Para isso, é usado o Nordiska (sistema que recebe os dados do DNA e os compara com as possibilidades de alimentos que poderão ser consumidos), que faz com que a sua análise genética consiga entrar em algumas combinações de exercícios e dietas. Esse método conta com 8 genes de comportamentos e mais de 36 combinações, tudo para que a dieta seja exclusiva para o seu tipo de organismo.

Por isso é possível encontrar não só os parâmetros alimentares de seu corpo, mas também sua função muscular, e como ela será melhor trabalhada. Com isso, o nutricionista sabe se sua dieta será realizada com baixa gordura, baixo carboidrato, ou uma quantidade controlada de proteína, entre outros. E evita meses de uma dieta que não fará o efeito que você precisa e gostaria.

Benefícios E Vantagens Da Dieta Do DNA

  • Melhora a compreensão entre a interação dos seus genes e como eles interagem com os nutrientes que você ingere.
  • O seu plano alimentar é exclusivo, e age a favor do seu metabolismo. Ou seja, desse modo o emagrecimento é melhor e mais efetivo.
  • Você evita ter que passar por uma série de dietas até encontrar aquela que funciona para você. Com isso, você ainda evita cair em desânimo por fazer dietas que não causem o efeio desejado no seu corpo.
  • A dieta se torna mais prazerosa, e os exercícios físicos que você fará possibilitarão a perda efetiva de gordura, tudo para que você não se preocupe em realizar uma série de exercícios de alto impacto que te cansem, mas não fazem o peso na balança diminuir.

Apesar do alto preço do tratamento, que se deve principalmente à análise que deve ser feita no exterior, a dieta do dna talvez seja uma ótima alternativa para quem tem esta chance, e pode se tornar mais acessível futuramente.

De qualquer forma, os estudos de nutrigenômica ainda não foram concluídos, apesar de já haverem pacientes utilizando-se do método.

Dieta Do Suco: 9 Receitas + Cardápio Completo

Dieta Do Suco: 9 Receitas + Cardápio Completo

A dieta do suco investe em receitas simples mas que ajudam a regular o intestino, perder barriga, e ainda eliminar 3kg em uma semana.

Os sucos te manterão hidratado e promoverão um detox em seu organismo caso a dieta seja feita da maneira correta.

As receitas e o cardápio sugerido forma publicados na M de Mulher, e formuladas pelas nutricionistas Vivian Goldberger e Ana Paula Mendonça.

Dieta Do Suco

Dieta para emagrecer 3kg em uma semana.

Receitas

Para as sete primeiras receitas, basta bater os ingredientes no liquidificador.

1. Suco Para Eliminar Celulite

  • 250 ml de água;
  • 1 talo pequeno de aipo;
  • ¼ de laranja;
  • ½ maçã;
  • ½ pera;
  • 1 punhado de folhas de hortelã.

2. Suco Para Eliminar Barriga

  • 250 ml de água de coco;
  • Suco de 1 limão pequeno;
  • 1 fatia de abacaxi;
  • 1 colher (sobremesa) de semente de abóbora sem casca.

3. Suco Para Um Bronzeado Mais Bonito

  • 250 ml de água;
  • 1 cenoura pequena ralada;
  • Suco de 1 laranja;
  • 1 talo pequeno de salsão picado.

4. Suco Para Acelerar O Metabolismo

  • 250 ml de leite de soja;
  • ½ maçã;
  • ½ papaia;
  • 1 banana-ouro
  • 1 colher (sopa) de mate solúvel.

5. Suco Para Reduzir O Inchaço

  • 250 ml de água;
  • 1 fatia grande de abacaxi;
  • 1 talo pequeno de salsão picado;
  • 1 talo de erva-doce picada.

6. Suco Para Aliviar A TPM

  • 200 ml de suco de laranja;
  • 1 colher (chá) de raspas de gengibre;
  • 1 fatia grande de mamão;
  • 1 fatia fina de abacaxi.

7. Suco Para Regular O Intestino

  • 250 ml de água;
  • 1 folha de espinafre;
  • ½ maçã;
  • ½ beterraba pequena.

8. Suco Para Dar Energia

  • 300 ml de água fervente;
  • ½ manga;
  • 1 colher (sobremesa) de suco de limão;
  • 2 colheres (sopa) de erva-mate tostada.
Preparo
  1. Despeje o mate sobre a água fervente abafe por 5 minutos;
  2. Coe;
  3. Bata o mate coado já frio no liquidificador, com a manga, o suco de limão, adoçante e gelo;
  4. Coe;
  5. Sirva gelado.

9. Suco Detox

  • 200 ml de água de coco;
  • 250 ml de suco natural de laranja;
  • 1 fatia grossa de abacaxi;
  • 2 folhas de couve;
  • 1 colher (sobremesa) de salsa;
  • 1 colher (sobremesa) de mel.
Preparo
  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Adoce com adoçante;
  3. Coe;
  4. Sirva em seguida.

Tome o suco nos lanches intermediários.

Cardápio

O cardápio sugerido para a dieta do suco contém 1000 calorias diárias, é bem leve e deve ser seguido durante 3 dias da dieta.

Dia 1

Café da manhã
  • 1 xícara de leite desnatado com 1 colher (sobremesa) de achocolatado em pó light;
  • 1 fatia de bolo simples.
Lanche Da Manhã
  • 1 Suco.
Almoço
  • 1 concha pequena de lentilhas;
  • 2 colheres (sopa) de arroz;
  • 1 filé de frango grelhado;
  • 2 colheres (sopa) de jardineira de legumes cozidos no vapor.
Lanche Da Tarde
  • 1 suco.
Jantar
  • 1 unidade grande de abobrinha recheada com carne moída ao molho sugo, salpicada com parmesão e gratinada ao forno;
  • 1 caixinha de água de coco.

Dia 2

Café da manhã
  • 1 iogurte natural desnatado com mel;
  • 1 colher (sopa) de flocos de aveia integral.
Lanche Da Manhã
  • 1 suco.
Almoço
  • 1 prato raso de salada de folhas verdes com palitinhos de pepino;
  • 3 colheres (sopa) de purê de batatas com 2 fatias finas de carne assada.
Lanche Da Tarde
  • 1 suco.
Jantar
  • Omelete feita com 2 claras, 1 gema, ervas aromáticas, ervilhas e ricota;
  • 1 caixinha de água de coco.

Dia 3

Café da manhã
  • 1 iogurte natural desnatado e mel com 1 colher (sobremesa) de farelo de aveia integral.
Lanche Da Manhã
  • 1 suco.
Almoço
  • 1 ½ xícara (chá) de macarrão ao azeite e alho com brócolis;
  • 1 coxa de frango assado sem pele.
Lanche Da Tarde
  • 1 suco.
Jantar
  • 1 fatia de pizza de rúcula com mussarela de búfala e tomate seco;
  • 1 copo de chá gelado.

Vai Fazer?

Dieta da Pera: Perca Medidas E Ganhe Saúde

Dieta da Pera: Perca Medidas E Ganhe Saúde

As frutas são alimentos queridinhos e grande aliados para quem está em processo de emagrecimento, e a dieta da pera está aí para mostrar que isso é verdade.

Mas o que muita gente não sabe é que uma das preferidas do brasileiro é a base de uma dieta capaz de fazer você perder peso e medidas. Com a pera você pode perder 6 kg em um único mês.

Conhecida por seu cheiro e gosto adocicados, assim como por sua polpa suculenta, a pera pode fazer parte de seu cardápio nas formas crua, assada, gelada ou até mesmo com canela, formando assim uma bela sobremesa.

Pera pode te ajudar a emagrecer

Por possuir uma grande quantidade de fibras, ela aumenta a sensação de saciedade e faz com que nosso intestino funcione melhor.

Rica em vitaminas, como a B, A e C, a pera possui ainda o potássio, e tem poucas calorias. Abaixo vamos falar mais sobre a dieta da pera e todos os benefícios que ela oferece.

Como Funciona A Dieta Da Pera

Podemos dizer que, de forma simples, a dieta da pera funciona com uma substituição simples. Você troca os lanches do dia (entre o café da manhã e almoço, e entre o almoço e o jantar) por uma pera. Além isso, o suco de pera fará parte de seu cardápio, no almoço e no jantar.

A dieta ainda consiste na substituição de carboidratos brancos por carboidratos integrais, as frituras por proteína grelhada, e também o aumento do consumo de verduras e legumes.

Benefícios Da Pera

Saiba um pouco sobre os benefícios que a fruta fornece:

  • Auxilia no controle da Diabetes: Por ser uma fruta de baixo índice glicêmico, a pera auxilia seu organismo a não ter picos de glicemia, já que o sangue absorve os carboidratos de forma mais lenta. Com isso, você produz menos insulina. No caso dos diabéticos, a pera auxilia no controle de glicose.
  • Ajuda na prevenção do câncer: A fibra encontrada na fruta tem um importante papel na hora de expulsar substâncias ditas como cancerígenas que acabam se acumulando no colón do intestino.

Já para as mulheres, os benefícios se estendem para o período da menopausa, já que diminui em mais de 30% o risco dessas mulheres desenvolverem doenças como câncer de útero, entre outras.

  • Adeus, radicais livres: A fruta é rica em substâncias antioxidantes, que protegem nosso corpo do envelhecimento precoce ao eliminar os radicais livres. Além disso, possui uma boa quantidade de vitamina K e vitamina C, o que faz com que seu potencializador rejuvenescedor seja maior.
  • Faz bem ao coração e ao cérebro: A maioria já conhece a fama da pera, isso porque sabemos que suas fibras eliminam os temidos sais da bile e ainda combatem o mau colesterol. Mas o que muita gente ainda não sabe é que tais fibras são também responsáveis por diminuir pela metade as chances de sofrer um derrame.
  • Menos fome, mais saciedade: São as fibras também que nos ajudam a manter a linha na hora de comer, e por isso, fazem com que o emagrecimento seja mais efetivo e duradouro, além de fazer com que a ingestão de alimentos seja cada vez menor.

Curtiu?