Categoria: Remédios para Emagrecer

O uso indiscriminado de remédios para emagrecer podem oferecer um grande risco à saúde. Entenda melhor como estes medicamentos atuam na perda de peso, quais são seus efeitos colaterais, e porque é tão importante a prescrição médica.

Noz da Índia: blogueira quase morre ao consumir

Noz da Índia: blogueira quase morre ao consumir

Noz da Índia é uma semente que vem sendo comercializada atualmente, com a promessa milagrosa de eliminar vários quilos em apenas um mês de uso.

Porém, é preciso muito cuidado com o seu consumo, que não é recomendado pelo simples fato de ainda não ter suas vendas autorizadas aqui no Brasil.

Recentemente, uma blogueira publicou um vídeo (veja abaixo), contando a sua experiência com a noz da Índia, e relata ter quase “morrido” devido a utilização deste produto.

O que é a noz da Índia?

Noz da índia

A noz da Índia é uma semente branca que ficou famosa recentemente, por sua comercialização com a promessa de emagrecimento rápido.

Ela é composta de ácidos graxos, como ômega-3 e ômega-6, relacionados à redução dos níveis de colesterol no organismo, e possui uma alta concentração de fibras (cerca de 20% da composição total). Seu consumo junto à água pode causar saciedade, e, assim, reduzir o apetite.

Noz da Índia emagrece?

Apesar da forte crença popular criada pela promessa dos comerciantes da noz da Índia, que garante contribuir para o emagrecimento, ainda não existe nenhum estudo que comprove este benefício.

Portanto, até o momento, pode-se concluir que a noz da Índia não emagrece.

Benefícios da noz da Índia

  • A noz da Índia pode ter efeito laxativo, podendo contribuir para a melhora do trânsito intestinal.
  • Um estudo realizado em ratos observou que o consumo de noz da Índia contribui para o controle dos níveis de colesterol e suas frações. Este benefício ocorreria devido à inibição da biossíntese de colesterol hepático, a síntese de colesterol pelo fígado e também pela menor absorção intestinal de gorduras.
  • Outra pesquisa também realizada em ratos concluiu que a noz da Índia conta com ações anti-inflamatórias e analgésicas.

Cuidados ao consumir

Basta pesquisar por noz da Índia em sites de busca para se deparar com uma infinidade de benefícios prometidos pelo produto. O principal deles, é o de emagrecimento rápido, o que inevitavelmente atrai centenas de pessoas para o consumo da semente.

Segundo a nutricionista clínica e funcional Karen Levy Delmaschio, não há estudos científicos que comprovem a eficácia deste produto na perda de peso. Também não há estudos que comprovem que a semente não seja tóxica para o organismo. Por isso, a recomendação é não consumi-la até que pesquisas sejam realizadas, apontando para os seus reais impactos na saúde.

Efeitos colaterais da noz da Índia

Os efeitos colaterais são:

  • Dor de cabeça;
  • Diarréia;
  • Desnutrição.

Consumir a noz da Índia pode se tornar perigoso devido aos possíveis efeitos colaterais.

O uso da castanha pode ter sido a causa da morte de uma estudante de Psicologia de Campo Grande (MS), Ana Cláudia Alves da Silva, de 38 anos. A suspeita, no entanto, ainda não foi confirmada.

Uma youtubber fez um vídeo recentemente falando que “quase morreu” utilizando a noz da Índia. Confira:

Triiodotironina Para Emagrecer

Triiodotironina Para Emagrecer

O triiodotironina para emagrecer é um hormônio usado principalmente por pessoas que tem algum problema na tireóide, e que por isso tem mais dificuldades para reduzir os ponteiros da balança.

Mas será que o uso desse hormônio é benéfico para a saúde e pode ser usado por todos os que desejam perder peso com um pouco mais de rapidez?

O que é Triiodotironina?

Triiodotironina Para EmagrecerO triiodotironina é na verdade mais conhecido como T3, um importante hormônio produzido pela glândula da tireóide.

As pessoas que não produzem o T3 ou que tem uma produção deficiente são diagnosticadas com hipotireodismo, uma doença que causa dificuldades de memorização, diminuição da frequência cardíaca, diminuição da chamada massa óssea e a desaceleração do metabolismo energético.

Ele é responsável pelo trabalho de gastar energia e também pelo acúmulo das cadeias de açúcar que nosso corpo usa na hora de construir os tecidos. Por isso, esses pacientes usam normalmente medicamentos com triiodotironina para emagrecer e melhorar sua qualidade de vida.

O problema é que o uso indiscriminado desse hormônio pode trazer sérios problemas para o nosso corpo e prejudicar não só o emagrecimento, mas a saúde de forma geral.

Benefícios do Triiodotironina para Emagrecer

Antes de falar dos benefícios do triiodotironina para emagrecer é preciso enfatizar que ele só deve ser usado com prescrição e acompanhamento médico.

O triiodotironina tem ação catabólica e anabólica, o que permite que o organismo de pessoas que tenham dificuldades para perder peso se acelere.

Esse processo faz com que o gasto calórico aumente e a pessoa passe a perder peso sem precisar de tanto esforço quanto precisava antes.

De acordo com alguns especialistas, pessoas que possuem enfermidades como ovários policísticos e hipotireoidismo tem mais dificuldade para emagrecer porque seus organismos desaceleram. Com isso, elas passam a ter que realizar o dobro do trabalho e foco que uma pessoa saudável tem na hora de malhar e se alimentar.

Para que essas pessoas vejam o resultado de seus esforços e também não se desanimem ou acabem com algum problema psicológico por conta do aumento de peso, os médicos costumam indicar o triiodotironina para emagrecer.

Os contras do triiodotironina

O problema é que esse hormônio não pode ser usado por qualquer pessoa, já que ele pode causar insuficiência cardíaca, arritmias, provocar AVC isquêmico, alterações psiquiátricas como esquizofrenia, insônia e alucinações, além de infertilidade e alterações menstruais.

As doses desse hormônio são milimetricamente calculadas por um médico especialista, o que diminui os riscos de qualquer complicação para as pessoas que utilizam o triiodotironina para emagrecer.

Os especialistas afirmam ainda que o uso contínuo e indiscriminado do triiodotironina para emagrecer pode fazer com que a tireóide entenda que não precisa mais produzir o hormônio, já que ele estará em altas doses no organismo. Isso fará com que você pare de produzir o T3 e só recupere sua função em até 1 ano, ficando com hipotireodismo nesse tempo, e sem usar nenhum tipo de reposição hormonal.

O importante é saber que não existe “milagre” na hora de emagrecer e que todo o processo de perda de peso deve ser acompanhado de perto por um profissional da saúde.

O uso de medicamentos sem prescrição médica é prejudicial à saúde e pode fazer com que você consiga o efeito contrário ao desejado. O ideal é reduzir a quantidade de calorias em suas refeições, praticar uma atividade física diária e só tomar o triiodotironina para emagrecer depois de realizar uma série de exames que comprovem os níveis baixos do hormônio em seu organismo, assim você não corre riscos e ainda consegue eliminar de forma satisfatória as gordurinhas que tanto incomodam.

Qual Tipo De Laxante Natural Ideal

Qual Tipo De Laxante Natural Ideal

Laxante é um tema controverso e causa muito debate quando relacionado a emagrecimento. Por isso, saiba quais alimentos tem ação laxante natural, e pare de sofrer com constipações e inchaço na barriga.

Maléficos quando usados de forma desenfreada e por muito tempo, eles podem causar sérios problemas em nosso organismo e dificultar ainda mais todo o processo de perda de peso, mas não é por isso que todos eles devem ser evitados.

Laxantes naturais
Conheça os alimentos que tem efeito laxativo natural

Quando mudamos nossos hábitos alimentares é normal que nosso organismo sofra um pouco no começo, e em algumas pessoas a prisão de ventre se torna constante. A constipação e o aumento na produção de gases é incômodo e pode nos deixar mais irritados, ansiosos e até mesmo inchados. Mas existem alguns alimentos que tem efeito naturalmente laxante, e que podem ajudar nesses casos.

Tipos De Laxantes Naturais

Os laxantes naturais são divididos de acordo com seu modo de atuação no organismo, e podem ser estimulantes, osmóticos e mecânicos.

Laxantes Mecânicos

São alimentos ricos em fibras, e que funcionam com o aumento do bolo fecal.

Isso porque eles favorecem a evacuação ao hidratar as paredes do intestino, retendo mais água e ainda estimulando os movimentos chamados de peristálticos. Os alimentos que entram nesse grupo possuem uma grande concentração de fibras não solúveis e também solúveis, benéficas não só para o intestino, mas também para todo o processo de emagrecimento.

Ameixa rica em fibras

Eles são normalmente usados por quem precisa de uma ação rápida, assim como são indicados para pessoas que sofrem com prisão de ventre ou constipação. Se usados com alimentos probióticos, tem sua ação laxante aumentada e normalizam de forma mais rápida o intestino.

Laxantes Estimulantes

São um grupo de laxante natural conhecidos como catárticos ou purgantes. Eles conseguem incentivar o funcionamento da musculatura de nosso intestino. Isso porque esses alimentos tem em sua composição substâncias que agem no cólon, especificamente nas terminações nervosas, além de aumentar a produção de líquidos e a absorção de minerais de todos os alimentos.

Eles são mais recomendados para o uso noturno, isso porque funcionam no organismo por um longo período, cerca de oito horas, e podem causar alguns desconfortos quando consumidos durante o dia.

Laxantes Osmóticos

São o grupo de laxante que tem como principal característica o aumento de água no bolo fecal. Eles impulsionam o organismo a eliminar os líquidos. São de uso intenso e por isso é preciso ingerir junto com esses alimentos muita água. O mais famoso laxante osmótico é a ameixa.

Alimentos com efeitos laxantes

A nutricionista Tatiana Zanin afirma que frutas e legumes já muito conhecidos como o mamão, abóbora, e ameixa, funcionam como ótimos laxantes naturais. Mas existem outros alimentos que possuem importante ação laxante que desconhecemos.

Entre eles estão s raíz de alcaçuz, chá de bardana, vinho tinto, suco de aloe vera e os chicletes sem açúcar. Eles possuem efeitos mais “leves” e por isso, são mais desconhecidos pelo efeito, mas se usados sozinhos não se tornam tão eficazes.

Pessoas que sofrem com intestino preso podem ainda inserir em seus cardápios algumas especiarias como açafrão, pimenta-caiena e também gengibre. O gengibre, muito usado para acelerar o metabolismo consegue ainda regular o trato digestório. A pimenta aumenta os sucos gástricos e também as enzimas que atuam no nosso intestino. Já o açafrão, além de ajudar na prisão de ventre, também desintoxica o fígado.

As frutas cítricas também auxiliam nesse processo. Isso porque são ricas em vitamina C, que consegue converter toda a toxina de nosso corpo em uma matéria digerível que, aliada a 15% das fibras presentes nos alimentos, diminui a prisão de ventre e ainda ajuda no emagrecimento.

Além disso, é preciso se hidratar. Pelo menos 2 litros de água diária é essencial, já que isso ajudará a “amaciar” as fezes e permitir que sua eliminação seja mais natural, evitando assim a tão incômoda prisão de ventre.

Orlistat Emagrece Mas Tem Efeitos Desagradáveis

Orlistat Emagrece Mas Tem Efeitos Desagradáveis

Tentaremos responder algumas dúvidas sobre o medicamento, e se o orlistat emagrece. Entenda como ele age, quem pode tomar, e que efeitos colaterais seu uso pode acarretar.

O Orlistat é uma remédio para emagrecer que tem o nome comercial de Xenical. Ele promete agir no bloqueio da absorção de gordura pelo nosso organismo e normalmente é indicado pelos médicos para pessoas que estão com sobrepeso ou obesidade e que já tenham tentando uma série de dietas sem sucesso.

Esse medicamento tem uma particularidade em relação aos outros remédios da mesma linha, ele não inibe a fome, e por isso, costuma ter uma boa aceitação entre os pacientes. Já que as chances do paciente se reeducar em relação a alimentaçnao é maior do que ao tomar inibidores de apetite.

Orlistat Emagrece? Como Atua…

Pode-se dizer que o orlistat emagrece por atuar como um bloqueador de substâncias químicas, que nada mais são do que enzimas (sendo a principal a lipase) que temos no intestino. Desse modo, ele modifica o modo como os alimentos são digeridos, principalmente a gordura, e faz com que o corpo não absorva toda a gordura que comemos em nossas refeições.

Ao conseguir bloquear essa importante enzima para a absorção da gordura, até 1/3 dessa substância, que acaba indo diretamente para as fezes, acaba sendo eliminada por completo. No entanto, é preciso ter em mente que o alimento tem que ser utilizado apenas como um complemento de uma dieta saudável, e a prática de atividade física diária. Isso porque o Orlistat só funciona nas gorduras que você está ingerindo, e não naquelas que já existiam em seu tecido adiposo.

O medicamento ainda pode ajudar na melhora da taxa de glicose, na diminuição do colesterol ruim (LDL), no controle da pressão arterial, além de ser usado também no tratamento da esteatose hepática, que nada mais é do que o acúmulo de gordura presente no fígado.

As pessoas que utilizam o medicamento devem também fazer uma suplementação vitamínica, pois o remédio também inibe a absorção de algumas vitaminas como a K, E, D e A, nutrientes importantes para o processo de emagrecimento.

Efeitos Colaterias Do Uso De Orlistat

Remédios para emagrecer

O uso do medicamento para emagrecer pode vir a causar alguns efeitos colaterais bastante desagradáveis, como:

  • Fezes mais gordurosas, o que faz com que muita gente (principalmente as mulheres) usem absorventes para evitar mancha nas roupas íntimas;
  • Aumento de gases;
  • Cólicas abdominais;
  • Incontinência fecal, e também aumenta a quantidade de vezes que você usa o banheiro;
  • Algumas pessoas ainda podem sentir dores de cabeça constantes;
  • Pode causar ainda insônia;
  • Os ciclos menstruais podem ficar irregulares;
  • A ansiedade pode aumentar;
  • Cansaço excessivo;
  • Dor ao urinar.

Como Consumir O Orlistat

Normalmente o Orlistat é consumido antes das principais refeições, com um intervalo médio de 30 minutos.

Assim, o medicamento consegue agir de forma mais eficaz e concreta nas gorduras que serão absorvidas. O Orlistat só pode ser consumido com receita médica, que conta com duas vias. Ele é um medicamento controlado pela ANVISA e tem sua venda regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Contraindicações

Assim como todos os remédios de emagrecimento vendidos no país, o Orlistat também tem uma série de contraindicações. Seu uso não deve ser feito por mulheres que estejam grávidas ou com suspeita de gravidez, assim como as lactantes.

Crianças, idosos e pessoas com problema de absorção de vitaminas também não devem usar o Orlistat, já que ele também altera o modo como nosso corpo absorve algumas das vitaminas necessárias. Mulheres que fazem uso de anticoncepcionais também está nessa lista, isso porque o remédio diminui de forma considerável os efeitos das pílulas.

Quem sofre de arritmia cardíaca, problemas renais e vesícula biliar também não podem fazer uso do remédio.

Prometazina Pode Alterar O Peso

Prometazina Pode Alterar O Peso

Prometazina é um composto que pode aumentar o ganho de peso. Saiba como evitar este problema.

Sabemos que algumas doenças são difíceis e que seus tratamentos podem fazer com que o ganho de peso aumente. As doenças alérgicas são as que possuem medicamentos mais propensos a esse ganho, mas isso acontece principalmente por conta do aumento do apetite causado pelo uso do remédio, o que acontece toda vez que o tratamento com esse tipo de remédio acontece.

Remédios que engordam

A prometizona é um dos compostos desses antialérgicos e por isso é visto como um dos vilões de quem quer emagrecer.

O composto pertence as fenotiazinas (grupo de compostos orgânicos que são usados em medicamentos anti-histamínicos e anti-psicóticos) e é um derivado etilamino. Além disso, a prometazina interage com o receptor do sódio e também é usado como um indutor do sono.

Como A Prometazina Atua

A prometazina atua em nosso corpo alterando algumas ações químicas do cérebro. O medicamento é usado por quem tem corrimento nasal, coceira, urticária, vômitos, náuseas e até mesmo um quadro de dor presente depois de uma cirurgia.

A medicação não pode ser usada por crianças menores de dois anos e pode ainda causar alguns problemas respiratórios, além de uma baixa no nosso sistema de alerta. Mas, para muitas pessoas que usam o medicamento para tratar uma alergia, o maior problema causado pela prometazina é o aumento considerável do apetite.

Por ser tomada na maioria das vezes no período da noite, o medicamento que possui o composto pode ser o vilão do emagrecimento, já que sua taxa metabólica já está mais baixa e o aumento da ingestão de alimentos fará com que a pessoa ganhe ainda mais peso.

Prometazina E O Aumento De Peso

Algumas matérias divulgadas na revista Obesity, apontam para a associação do composto com obesidade. Isso porque um estudo publicado na revista mostrou que entre 599 pessoas que utilizaram anti-histamínicos, mais de 40% apresentavam IMC maior do que o indicado, e 30% já apresentavam sobrepeso.

Os estudiosos apontaram não exatamente que o composto deixará a pessoa obesa, mas que contribuirá para que seus usuários tenham um ganho de peso considerável durante o tratamento.

Mas você deve estar pensando que ao fazer um tratamento com a prometazina suas chances de se manter na dieta estão acabadas, certo? Errado, é possível sim manter a dieta e até perder peso, mesmo com o uso deste remédio.

Como Evitar Engordar

Os pacientes que fazem uso de remédios que tenham o composto prometazina devem redobrar sua atenção em relação a alimentação, e devem incluir em sua dieta alimentos ricos em fibras, como a linhaça, ameixa, aveia, mamão, laranja, pêssego, entre outros.

O consumo de verduras também é indicado. Dê ênfase para a rúcula, agrião e acelga e lembre também de incluir verduras, cereais e alimentos integrais, como pão, macarrão e arroz.

Agora, se a sua vontade por doces for grande, dê preferência para as gelatinas, que além de ricas em proteínas quase não possuem açúcar. E lembre-se também de realizar uma atividade física regular, que diminuirá sua vontade de comer.

Outro fator muito importante é o consumo de água. Quanto mais hidratado você estiver, melhor será o resultado de sua alimentação. Evite também consumir alimentos calóricos pela noite e se sentir fome, invista em alimentos ricos em proteínas e com baixo teor de gordura como o leite desnatado e clara de ovo.

Se mesmo assim você perceber o aumento de peso, converse com seu médico e descubra se não existe um outro tratamento possível para o seu problema, ou outra medida além das dicas que demos que você possa tomar e evitar que o medicamento atrapalhe seu emagrecimento. Desse modo você passa também a conhecer com quais tipos de compostos funcionam melhor para seu corpo.

OxyElite Pro, Potencie seu emagrecimento

OxyElite Pro, Potencie seu emagrecimento

Suplementos para emagrecer
Foto da Internet, meramente ilustrativa

Hoje falaremos sobre o Oxyelite Pro, um suplemento que promete ajudar no emagrecimento e acelerar a queima e gordura localizada, mas que também pode causar efeitos colaterais indesejados.

Quando falamos em suplementos, logo nos vem a cabeça aqueles produtos que os praticantes de musculação usam, como Whey Protein, BCAA, Creatina, entre outros.

Mas o que muita gente não sabe é que existem alguns suplementos capazes de ajudar no emagrecimento e acelerar a queima de gordura localizada: são os chamados termogênicos. Entre os mais famosos está o OxyElite Pro, que deve ser usado em parceria com uma alimentação saudável e também em conjunto com uma rotina diária de atividade física, assim seus efeitos são potencializados.

Efeitos Do Oxyelite Pro

O suplemento é composto por uma substância chamada dimetilamina, ou comercialmente conhecida, DMAA. No entanto, alguns estudos revelam que essa substância pode ser prejudicial se consumida em excesso, e por isso é preciso ter muito cuidado com a dose ingerida. Ela nunca pode ser maior que dois comprimidos por dia.

O que dá o efeito termogênico ao Oxyelite Pro são alguns compostos que tem o poder de acelerar o metabolismo, como o chá verde e a cafeína. Com o aumento da temperatura corporal, o metabolismo passa a atuar de forma mais acelerada, e a perda calórica fica mais eficaz, fazendo assim com que as gorduras estocadas sejam queimadas no lugar dos músculos, por exemplo.

Além disso, existem também outros compostos em sua fórmula que são capazes de aumentar o desempenho, ou seja, dar mais energia, e também de diminuir a vontade de comer, principalmente doces e guloseimas.

Uma raíz conhecida como Cynanchum Auriculatum é a responsável por essa diminuição. Ela é muito conhecida na Ásia, mas ainda pouco apreciada no Brasil.

Já a folha de Oliveira, ou Olea Europea, tem grandes ações termogênicas, e é também utilizada para aumentar a energia de seus consumidores.

Por outro lado, o Aegeline, também presente na fórmula, consegue estimular a concentração e também o foco dos consumidores, e por isso, é usado como um importante composto para quem precisa melhorar seu desempenho na hora da atividade física.

Para auxiliar o emagrecimento, o OxyElite Pro conta ainda como o Yohime, como extrato. Ele auxilia na eliminação das células adiposas de forma correta, fazendo assim com que a massa de gordura diminua de forma significativa já nos primeiros meses do uso. Já o alpha-2 inibi a lipólise, que nada mais é do que a quebra das células de gordura, fazendo assim com que você perca peso mais rápido.

Como Usar O OxyElite Pro?

O primeiro passo para quem quer fazer uso do OxyElite Pro é consultar-se com o médico! Ele irá garantir que você pode usar este suplemento.

Depois, será preciso usar uma dose de teste, para que o corpo vá se acostumando com os componentes da fórmula aos poucos. Após isso, você poderá utilizar a dose indicada.

Geralmente é recomendado que na primeira semana você tome uma cápsula do produto ao acordar e 30 minutos antes de tomar o café da manhã. No começo, efeitos colaterais podem surgir, como aceleração dos batimentos cardíacos, tontura, dentre outros. Caso esses sintomas se intensifiquem, o médico deverá ser consultado.

Após 15 dias de uso, a dose será geralmente recomendada de 1 pela manhã e uma outra entre 6 e 8 horas após. Essa dose só pode ser usada por, no máximo, 6 semanas consecutivas.

Depois disso é preciso que você aguarde no mínimo 2 semanas para voltar a tomar o suplemento.

Contraindicações Do Oxyelite Pro

Mulheres grávidas, lactantes, e pessoas com problemas cardíacos ou pressão alta não devem consumir esse suplemento.

Um dos efeitos colaterais do OxyElite Pro que é bastante comum, é a sudorese excessiva, isso por conta da aceleração do metabolismo.

5 htp: Emagrecimento e bem-estar

5 htp: Emagrecimento e bem-estar

Remédio para emagrecerUma das promessas do medicamento conhecido como 5 htp é proporcionar um rápido emagrecimento ao mesmo tempo em que garante felicidade e bem-estar a quem o ingere, ajudando que todo o processo de emagrecimento não seja uma experiência tão sofrida.

Mas, será que ele realmente consegue isso? Vale a pena comprar 5 htp? Como funciona o emagrecimento com 5 htp? Quais podem ser os efeitos colaterais da ingestão deste medicamento? Todas estas respostas e outras no artigo a seguir, confira…

O que é 5 htp?

5 htp é o termo popular que define o composto 5-hidroxitriptofano, um aminoácido natural cujas principais funções no organismo humano dizem respeito à neurotransmissão de dois hormônios: serotonina e leptina.

Com base nas funções principais destes dois hormônios, o composto age no organismo criando a sensação de bem-estar, ação da serotonina, e ao mesmo tempo sacia o apetite, que é uma das ações da leptina para auxiliar no processo de emagrecimento.

É por isso que o 5 htp é reconhecido como o medicamento que auxilia no emagrecimento ao mesmo tempo em que fornece bem-estar.

Para que serve o 5 htp?

Considerando que a ação do 5 htp se divide então em duas grandes frentes, sendo uma emocional, que fica a cargo da serotonina, e a outra física, que é por conta da leptina liberada no organismo, o composto serve basicamente para garantir um processo de emagrecimento menos “traumático” do que geralmente eles são.

Com base nas informações apresentadas a respeito do funcionamento do 5 htp em duas vias diferentes, de acordo com os hormônios que são lançados no organismo, a seguir descrevemos algumas das principais funções de cada um dos hormônios.

Outras funções da serotonina no organismo são:

  • Garantir uma boa noite de sono;
  • Conceder mais energia para a prática de atividades físicas;
  • Proporcionar a sensação de bem-estar;
  • Diminuir a ansiedade;
  • Reduz alguns dos sintomas da TPM.

Outras funções da leptina no organismo são:

  • Conceder a sensação de saciedade;
  • Regulação das funções neuroendócrinas;
  • Aumento do metabolismo de glicose e gorduras;
  • Ajudar nos processos de cicatrização.

Os dois hormônios funcionam de forma integrada ao Sistema Nervoso Central, agindo na área do hipotálamo, regulando este sistema e concedendo a sensação de prazer e bem-estar ao mesmo tempo em que, por suas outras funções, eles ajudam a regular o apetite e o sistema endócrino.

Efeitos colaterais do 5 htp

Sempre importante lembrar que o composto se trata de um medicamento e, portanto, faz-se necessário o acompanhamento regular de médico especializado, como nutricionistas, ortomoleculares ou endocrinologistas.

O acompanhamento médico permite que você tenha a certeza de que estará ingerindo a dose diária mais adequada ao seu caso e, ainda, podem ser obtidos conselhos preciosos para que se consiga chegar ao corpo que almeja.

O medicamento é contraindicado para gestantes, lactantes, e pessoas que fazem o uso de antidepressivos, pois, neste caso, ele pode ocasionar o aumento da pressão arterial.

Quando ingerido em altas dosagens, ultrapassando 300 mg\dia, o 5 htp pode provocar reações adversas como náusea e vômito, e até causar danos irreversíveis ao fígado e, ainda mais por isso, é altamente recomendável que nunca se tome 5 htp sem o devido acompanhamento médico.

Como o 5 htp emagrece

Ainda que o medicamento possa parecer muito tentador à primeira vista, é importante que se diga que somente a ingestão de doses regulares dele, não será o suficiente para fazer com que você emagreça, tendo em vista uma série de questões e hábitos cotidianos que terão de ser modificados para que se consiga atingir este objetivo.

Nesse sentido, antes mesmo de ir em busca da receita do 5 htp, é importante que a sua dieta comece através de uma reeducação alimentar, ao modo em que se busque uma alimentação cada vez mais balanceada e, ainda, seja considerada a prática regular de exercícios físicos, já que nenhum medicamento, por si só, conseguirá fazer você perder os quilos que deseja.

Contudo, o 5 htp pode ser entendido como uma das ferramentas ao seu alcance para que consiga emagrecer de forma mais fácil e com menor sofrimento, porém, ele por si só, não é capaz de fazer isso, e cabe a você adotar a dieta mais adequada para que consiga chegar ao corpo ideal.

Prisão: Suspeita Por Adulterar Remédios Para Emagrecer

Prisão: Suspeita Por Adulterar Remédios Para Emagrecer

Uma corretora de imóveis foi indiciada por adulteração de remédios para emagrecer, crime considerado hediondo, e a pena pode variar de 10 a 15 anos, caso seja condenada.

A suspeita de 42 anos, vive em Goiás, e foram encontradas diversas cápsulas em seu carro e em sua residência pela polícia. A mulher alegou que as cápsulas seriam dela, de uso particular, e que vendia apenas para amigas. Porém, durante depoimento formal, ela não quis dar nenhuma declaração.

Presa suspeita de adulterar remédios para emagrecer
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Os remédios para emagrecer eram vendidos como suplementos alimentares, na Região Metropolitana de Goiânia. A suspeita é de que as fórmulas estariam sendo adulteradas, já que a suspeita não tem qualquer formação em farmácia ou outra área da saúde. A real composição química dos comprimidos já está sendo investigada, assim como a forma como eram manipuladas. Todavia, não há dúvidas de que sejam falsos. Os frascos onde eram manipulados e vendidos os “medicamentos” eram bem simples, não tinham traços de profissionalismo, e estavam sem informações a respeito da composição.

As cápsulas já eram vendidas há 13 anos por ela, e a sua prisão ocorreu no dia 06/04/15, e foi possível após a polícia receber uma série de denúncias de clientes que teriam sofrido efeitos colaterais graves, como convulsões!

[Ler Também: Remédio para Emagrecer – Entenda Melhor]

A Promessa

A suspeita vendia 30 comprimidos pelo valor de R$160,00, e a promessa era a perda de 4 kg por semana, com a ingestão de 2 comprimidos ao dia.

Vítimas

Diversos clientes realizaram denúncias após terem sofrido efeitos colaterais com o uso destas cápsulas. Dentre os efeitos mencionados está a convulsão.

A polícia acredita que as vendas eram realizadas para um número grande de pessoas, através de aplicativos e mensagens de celular.

Até o momento não é possível afirmar com precisão o número exato de clientes enganados neste caso.

Reportagem do G1

Deixe Seu Comentário


Você sabia que existem Programas de Emagrecimento que te ensinam como emagrecer com saúde, de forma eficaz e permanente?

Saiba Mais:

Programas para emagrecer

Preso Grupo Que Vendia Remédios Para Emagrecer

Preso Grupo Que Vendia Remédios Para Emagrecer

Foi preso no final do ano passado um grupo acusado de vender remédios para emagrecer de forma irregular, e a primeira audiência foi realizada no último dia 18, no Fórum de Sorocaba (SP), onde foram ouvidas 3 testemunhas.

A apuração da investigação concluiu que os medicamentos para emagrecer eram enviados para outros estados e até para países da Europa.

A próxima audiência ocorrerá no final de abril.

A Investigação

A venda ilegal de remédios para emagrecer vinha sendo acompanhada há meses. As vendas eram realizadas através de uma rede social, e a maioria das clientes eram mulheres. Os produtos eram enviados via correio.

Um investigador conseguiu encomendar duas caixas de sibutramina sem prescrição médica. A medicação foi recebida, e então constatado pela Polícia que tratava-se realmente de remédios de uso controlado, e portanto, não deveriam de forma alguma serem vendidos indiscriminadamente. Além do remédio encomendado, foi entregue também uma cartela de brinde de um remédio para controlar crises epilépticas, e que tem como efeito colateral a perda de peso.

A pessoa que fazia as vendas não exigiu a prescrição, e ainda ofereceu desconto, e disse ao suposto cliente que não tinha problema nenhum ele tomar.

Remédios para emagrecer
Como era feita a propaganda dos remédios para emagrecer de venda irregular

Todavia, todos sabemos que estes remédios podem desencadear uma série de problemas à saúde, como aumento do risco de infarto e AVC, em pacientes com pressão alta. Por isso apenas pessoas que tenham sérios problemas como obesidade mórbida podem fazer uso, e ainda assim, com recomendação médica.

Os únicos inibidores de apetite que tem venda permitida e controlada no país são aqueles à base de sibutramina, e é necessário ter receita especial que fica retida na farmácia, assim como um formulário onde o médico se responsabiliza pela prescrição.

A Prisão

Foram presos os três suspeitos pelas vendas ilegais, e encaminhados para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba, sendo eles um homem e duas mulheres.

A pena pode chegar a até 20 anos pelos crimes contra a saúde pública e falsificação e adulteração e comercialização de produtos terapêuticos, conforme reportagem publicada no site G1.

Ainda há a suspeita de que haja outro envolvido, morador do Rio de Janeiro,

Foram apreendidos diversos remédios, inclusive, de tarja preta, receitas médicas e carimbos falsificados.

Emagreça Com Saúde

Lembre-se sempre que emagrecer com saúde é mais do que possível, e vem sendo uma realidade de milhares de pessoas que até mesmo já chegaram a achar que não conseguiriam.

A forma mais saudável de emagrecer é combinando uma alimentação balanceada com atividades físicas regulares.

Aqui no site você pode encontrar uma série de Programa de Emagrecimento legalizados, e que estimulam um emagrecimento natural e saudável. Confira:

Botão programas de emagrecimento

Remédio para Emagrecer – Entenda Melhor

Remédio para Emagrecer – Entenda Melhor

Se você está pensando em tomar remédio para emagrecer, este post vai te ajudar bastante a entender como ele funciona, o que pode causar, e a partir daí você terá uma boa base para a sua decisão.

Antes de tudo, saiba que o seu uso é recomendado para pessoas com casos mais graves de obesidade mórbida, e não para qualquer pessoas que queira emagrecer.

Não é a toa que muitos destes remédios para emagrecer tenham sido proibidos pela Anvisa.

Remédios para emagrecer

Remédio para Emagrecer – Componentes

Fórmulas típicas de remédios para emagrecer contém de 5 a 15 componentes. Veja alguns deles a seguir.

Substância “tipo-anfetamina”

A anfetamina é estimulante do sistema nervoso central, podendo provocar o aumento das capacidades físicas e psíquicas.

As mais utilizadas em remédios para emagrecer são o femproporex e a dietilpropiona.

Tranquilizantes Benzodiazepínicos

Geralmente são utilizados o diazepan ou clordiazepóxido nas fórmulas emagrecedoras.

Agentes Tireoidianos

Geralmente utilizados em remédios emagrecedores: Triiodotironina, tetraiodotironina, triac e triatec.

Grandes doses desses hormônios conduzem ao hipertireoidismo, doença em que alguns dos sintomas se somam, e se confundem aos efeitos indesejáveis de anorexígenos, causando irritabilidade, agitação,  taquicardia, tremores, alterações intestinais, podendo ainda causar perda de massa muscular, osteoporose e queda de cabelo, dentre outros inconvenientes.

Diuréticos

A furosemida, e hidroclortiazida, são os mais utilizados nos remédios para emagrecer.

Agentes Gastrointestinais

Cimetidina, fenolftaleína, dimeticona.

Produtos Vegetais

Uma variedade deles, como cáscara sagrada, cavalinha, Fucus vesiculosus dentre outros, são utilizados nas fórmulas emagrecedoras.

Antidepressivos

A fluoxetina e a sertralina, vitaminas, cloreto de potássio, propanolol são apenas alguns a citar.

Principal Motivo de Proibições

Haviam 3 medicamentos no passado, bastante usados no tratamento da obesidade:

  • Endol;
  • Femproporex;
  • Anfepramona.

Estes remédios foram proibidos pela Anvisa, e o principal motivo foi o abuso e a venda indiscriminada.

Além disso, alguns efeitos colaterais também foram motivos. Um deles, e o pior de todos, foi a indução de doença psiquiátrica, principalmente em pessoas com maior propensão de desenvolver este tipo de doença.

Uso Indiscriminado de Remédio para Emagrecer

Uma das maiores provas de uso indiscriminado dos remédios para emagrecer, é o fato de que muitos deles podiam, ou talvez até ainda possam ser comprados na clandestinidade, e até mesmo pela internet, sem bula, e sem prescrição médica.

O pior de tudo, é que ao comprar estes remédios de forma clandestina, não há bula ou prescrição, e os rótulos exibem apenas nomes fantasiosos, como “Emagrecedor Natural”, por exemplo.

Infelizmente, nem mesmo os clientes que recebem prescrições médicas ficam em melhor situação.

Se você já ouviu falar em uma Indústria bilionária do emagrecimento, saiba que existe uma lógica que alguns estudantes de medicina utilizam para explicar o que porquê estes medicamentos muitas vezes são vendidos ou até prescritos de forma indiscriminada: seria o “princípio da cascata”: sempre haverá um remédio para combater os males provocados por outro, e assim, inicia-se um ciclo vicioso, com o qual milhares de pessoas estão lucrando.

Por isso, quando algumas pessoas duvidam do efeito dos programas de emagrecimento oferecidos neste site, eu cito a Indústria do emagrecimento. Os programas aqui do site, não utilizam-se de remédios, e nem outras fórmulas para emagrecer, mas sim de poucos minutos de exercício por dia, e pequenas alterações a serem feitas na alimentação.

Programas De Emagrecimento

Cito este exemplo também com relação ao treinamento intervalado de alta intensidade. Muita gente ainda não ouviu falar, e se este método fosse tão divulgado e conhecido, muita gente deixaria de lucrar com a venda de remédios. (Para saber mais sobre este método, leia o post Treinamento Intervalado de Alta Intensidade.)

Com o uso indiscriminado do remédio para emagrecer, ao enfrentar os efeitos colaterais, os usuários acabam interrompendo o tratamento, e entram em crise de abstinência pela falta da anfetamina e do benzodiazepínico.

Esta crise ocasionará em alguns efeitos como a apatia, sonolência, depressão, fraqueza, falta de memória, e até mesmo ideação suicida. A esses sintomas acrescentam-se os do hipotireoidismo.

Efeitos dos remédios para emagrecerAlguns Estudos

Em estudo conduzido pela doutora Solange Nappo (Cebrid – Unifesp), e por colaboradores da USP, foram consideradas 107 consultas com prescrição de fórmulas.

A conclusão foi que, das 107 consultas:

  • Apenas um médico falou ao cliente sobre a existência de efeitos colaterais;
  • Somente cinco advertiram para não aumentar as doses prescritas;
  • Sete apenas advertiu para que evitassem a gravidez no período da medicação;
  • Nenhum deles citou o fato de as anfetaminas e barbitúricos causarem dependência química.

Um boletim da Organização Mundial da Saúde, de 1983, advertiu o seguinte: a indução de dependência por barbitúricos está claramente demonstrada (…) Essas drogas devem ser reservadas para pacientes que sofrem de ansiedade clínica bem definida”. Bastam três meses de uso (às vezes, menos) para que sejam criadas dependência química e síndrome de abstinência à retirada abrupta.

As drogas do “tipo-anfetamina”, estão relacionadas à tolerância que, consequentemente, podem levar ao aumento de doses por conta própria, o que é um perigo. Dobrar ou triplicar o número de cápsulas diárias consequentemente duplica ou triplica as doses de hormônio tireoidiano, diurético, benzodiazepínico, antidepressivo, laxante e o diabo que houver, correndo o risco de perder a vida.

Por isso a Anvisa proibiu a prescrição de anorexígenos, como parte de formulações magistrais.

Fonte: Drauzio Varella