Se você é um fã do suco verde, ou ainda está em cima do muro, aqui estão quatro coisas que você deve saber sobre esta bebida da moda.

Laranja, amarelo, vermelho são cores bem comuns quando o assunto é suco. Mas hoje em dia, a cor mais quente nesse quesito é o verde. O suco verde se tornou uma grande sensação entre quem busca cuidar da saúde, ou perder peso.

4 Coisas Sobre O Suco Verde…

Meu-Suco-verde1. Pode Ser Realmente Gostoso

Normalmente, a cor verde em bebidas é associada com um gosto amargo, e por isso o suco verde, feito com legumes e verduras pode não parecer muito atraente à primeira vista.

Mas estes sucos também são misturados com algumas frutas como a maçã ou a pêra, junto com outras misturas saborosas, incluindo o hortelã, o suco de limão e o gengibre.

Se você não é um grande fã de espinafre, couve, cru ou em saladas, mas sabe da importância que tais alimentos oferecem à saúde, procure prepará-los em forma de suco com estas misturas e frutas. Você vai se surpreender com o gosto, e como o suco pode ficar docinho e saboroso.

2. Frutas No Suco Verde

Algumas receitas de suco verde incluem muito mais suco de fruta do que legumes e verduras, para que ele seja mais agradável ao paladar.

É importante não exagerar na quantidade de frutas nos sucos verdes, e nem fazer com que sua quantidade seja maior do que a quantidade de legumes e vegetais, senão o suco acaba perdendo sua essência, além do que frutas em excesso também podem não contribuir para a perda de peso, por conterem açúcar.

3. Sucos Não Enchem Tanto

O suco verde é uma ótima oportunidade de ingerir verduras e legumes de uma forma mais saborosa, e talvez até rápida e prática.

Mas o ponto aqui, é que ele não enche tanto quanto se você comesse esses alimentos crus, ou em outro formato “mastigável”, digamos assim.

Isso porque, mesmo quando a fibra é adicionada ao suco, não dá tanta sensação de saciedade. O ato de mastigar, o tempo adicional que leva para comer vegetais integrais e as frutas, e o espaço que ocupam no seu estômago, são características que contribuem para uma maior sensação de saciedade, e consequentemente para o emagrecimento, visto que quanto mais satisfeito você ficar, menos você vai comer.

Resumindo, ao comer mastigando os vegetais e legumes, você se sente mais cheio.

4. Não Fique Só No “Verde”

Não se esqueça dos outros legumes, de outras cores, assim como a beterraba, os tomates, cenoura, cebola, beringela… Eles também são extremamente importantes para a saúde, e não devem ser deixados de lado!!!

O correto é comer uma grande variedade de tipos e cores de vegetais, para obter o maior número de benefícios possíveis para garantir uma ótima saúde.

Um estudo que analisou 26 legumes mais consumidos, em mais de 450.000 pessoas, e descobriu que independentemente da quantidade, o risco de câncer de pulmão diminui quando uma ampla variedade de vegetais é consumida.

Um outro estudo comparou os efeitos da ingestão de duas dietas com a mesma quantidade de vegetais. A única diferença foi o grau de variedade.

Quando uma ampla gama de vegetais foi consumido – 18 tipos versus 5 – pesquisadores observaram uma redução significativa na oxidação, um marcador para o envelhecimento precoce e doenças.

Estes resultados fazem muito sentido, porque cada alimento contém substâncias que combatem doenças únicas. Comer uma grande variedade de legumes e vegetais deixará seu corpo mais amplamente protegido.

Se você raramente comia vegetais antes, e o suco verde tem ajudado a preencher a lacuna, isso é ótimo. Mas tente também, aos poucos, inserir uma gama ainda maior de legumes em forma de saladas, ou até mesmo crus.