Uma variedade de balanças caseiras vêm sendo disponibilizadas no mercado com o passar do tempo. Mas se você vê as balanças apenas como uma forma de saber qual o seu peso, após ler esse post você vai mudar completamente esse pensamento.

Informações como taxas de água, de gordura, massa muscular, idade metabólica, massa óssea e gordura visceral já podem ser medidas também através de uma balança caseira, aquelas que ficam lá no canto do banheiro…

É claro que os preços também variam bastante, mas todas essas medições são importantes para avaliar o estado físico. Apenas o peso não é um indicador suficiente do estado de saúde do indivíduo.

balanças caseiras

Apesar da praticidade e de todos os dados que ela possa informar, a balança caseira não substitui uma boa avaliação clínica, mas funciona como um alerta de que há necessidade de procurar ajuda médica.

Nos consultórios há várias formas de medir a taxas necessárias para uma boa avaliação física. Uma delas é a própria bioimpedância com o uso de equipamentos profissionais. As medidas corporais podem ser obtidas através de pesagem dentro da água, ou até de ressonância magnética ou a tomografia computadorizada, métodos caros usados apenas em casos muito especiais.

O Que As Balanças Já Informam

Toda a variedade de informações que as balanças caseiras informam são possíveis graças a um princípio batizado de bioimpedância. Eletrodos em contato com a sola do pé emitem um sinal elétrico de baixa intensidade, imperceptível (não recomendado para os usuários de marca-passo e gestantes).

O equipamento mede quanto o corpo oferece de resistência à passagem desse sinal. Quanto maior o resultado, teoricamente maior será a taxa de gordura. Cruzado com outras informações, como idade e altura, o dado permite calcular com boa dose de precisão a gordura no organismo, o que é importante na avaliação do estado físico de qualquer pessoa.

balancasExistem ainda modelos mais sofisticados destas balanças que informam detalhadamente dados importantes para a valiar a saúde de quem se pesa.

Nos Estados Unidos este tipo de produto progride rapidamente, país com grande parte de obesos (2 em cada 3 americanos encontram-se acima do peso), e é estimado que cerca de 300.000 mortes ocorram anualmente devido à obesidade.

[Ler Também: Obesidade e os Problemas de Saúde]

No Brasil a obesidade já preocupa as autoridades de saúde. Aqui, 40% dos adultos estão acima do peso.

[Ler Também: Obesidade No Brasil – Dados Oficiais]

Para fazer o uso correto destas balanças é importante seguir algumas dicas básicas, como pesar-se sempre na mesma hora do dia e com a bexiga vazia, manter rotinas de alimentação e exercícios, o que evitará desvios na medição. Tirar uma média semanal das medições diárias te ajudará a obter valores mais precisos.

Taxa de Gordura

Taxa de gordura é a proporção de gordura em relação ao peso total. A gordura ajuda a regular a temperatura do corpo e estocar substâncias.

Uma taxa de gordura elevada por ser um alerta para o risco de hipertensão e diabetes, entre outros problemas.

Gordura Visceral

Gordura visceral é o nome dado à gordura alojada na cavidade abdominal, ao redor dos órgãos.

Uma taxa elevada pode indicar maior risco de problemas cardíacos, pressão alta e diabetes.

Massa Muscular

Esta é a medida do peso total dos músculos, e ajuda a reduzir a taxa de gordura.

Taxa de Água

Este dado mede a quantidade de água em relação ao seu peso total. 

O ideal é que esta taxa esteja em torno de 65% tanto para homens quanto para mulheres. 

Idade Metabólica

Esta mede a suposta idade “real” do corpo, definida com base na quantidade de calorias que ele exige para funcionar.

Se estiver maior do que a idade cronológica, isso signifia que há necessidade de praticar mais exercícios.

Massa Óssea

Esta indica o peso total dos ossos. Teoricamente os ossos fortes pesam mais.

Fonte: Veja

Gostou do post? Então comente, ou vote abaixo:

Abraços.