Você sabe mesmo como emagrecer com dietas? Veja neste post uma série de dicas para tornar sua dieta ainda mais eficiente, e visando um emagrecimento saudável, acima de tudo.

Como Escolher Uma Dieta

Como EmagrecerConsulta ao Nutricionista

A escolha de uma dieta para emagrecer pode envolver uma visita ao nutricionista. Quando você mesmo escolhe uma dieta, isso pode ser um pouco arriscado, visto que temos uma gama enorme com todos os tipos de planos disponíveis na internet, ou até mesmo aquelas dietas que alguém nos indica.

Mas nem sempre o que funciona para os outros, funcionará para você.

O nutricionista também leva em consideração uma série de fatores que você não consegue definir sozinho. Alguns destes fatores podem variar, mas geralmente são:

  • Seu peso;
  • Sua altura;
  • Possíveis exames;
  • Seu estilo de vida;
  • Doenças ou histórico médico.

Quando um médico planeja uma dieta, esta será diferente para cada pessoa.

Estilo de Vida

Outro fator que você deve levar em consideração é o seu estilo de vida. Por exemplo: se você tem hábitos de comer carne diariamente, não adianta nada adotar uma dieta vegetariana, e depois não aguentar segui-la, e pior, desistir de descobrir a melhor forma de como emagrecer.

Ou seja escolha uma dieta que melhor se enquadre ao seu dia a dia, e que encaixe os alimentos com os quais você já está acostumado.

Para pessoas que tem uma rotina muito corrida, é aconselhável optar por uma dieta baseada em refeições de batidos ricos em proteínas, e de fácil e rápido preparo.

Boa parte das dietas requerem também que você combine alguma série de exercícios. Se você tem pouco tempo, prefira ou uma dieta que te permita emagrecer mesmo sem uma combinação com exercícios físicos, ou, o melhor e mais aconselhável, não só para manter a saúde em dia, mas também uma forma sem sacrifícios, é optar por um bom programa de emagrecimento, como os abaixo, que são online, formulados por personal trainer profissionais, e com treinos de 4 a 21 minutos por dia, e que se utilizam de uma modalidade de treinamento intervalado de alta intensidade, e que são no mínimo 3 vezes mais eficazes do que esteira e academia:

Sistema Queima de 48 Horas 2.0

Considerado um best seller. Pioneiro no Brasil como Programa de Emagrecimento com base em treinamento intervalado de alta intensidade.

Pode ser feito tanto por homens quanto por mulheres.

Substituições de Alimentos

Algumas substituições inteligentes de alimentos nas dietas são bastante eficientes.

A quantidade de calorias é geralmente a mesma, mas a composição destes alimentos é o que fará toda a diferença.

Alguns exemplos de substituições que podem ser feitas:

  • Barra de Cereal por Fruta;
  • Arroz branco pelo arroz integral;
  • Carne vermelha pelo peixe;
  • Farinha branca pela farinha integral.

Cuidado com Dietas Restritivas

Dietas muito restritivas podem ocasionar em alguns problemas de saúde, e desconfortos conforme abaixo:

  • Tonturas;
  • Fraqueza;
  • Dor de Cabeça.

Isso porque estas dietas que restringem demais a alimentação, restringem também uma série de nutrientes necessários ao organismo.

Fazer dietas muito “malucas”, sem indicação médica, não é indicado, principalmente para quem está grávida ou amamentando.

Tome Café da Manhã

Pular o café da manhã é prejudicial não só para quem busca emagrecer, mas para quem quer se alimentar de forma saudável.

Esta refeição deve ser a mais completa, e uma ótima dica para quem está buscando como emagrecer, é fazer uma caminhada logo após.

Use Pratos Pequenos

Se você usar um prato menor do que costuma usar nas suas refeições, ajudará a “enganar” o seu cérebro, a pensar que, pelo prato estar cheio, você ficará mais satisfeito. Como ele será menor, não haverá problema em enchê-lo.

Tome Água

Beber no mínimo 2 litros de água por dia é o indicado para qualquer pessoa.

Para quem está buscando como emagrecer, é aconselhável beber um copo de água antes de almoçar e antes de jantar. Assim, haverá menos espaço para a comida dentro do estômago, e isso te ajudará a comer menos.

Faça Anotações

Anote tudo o que comer. Ao final de uma semana, será mais fácil identificar que cortes são necessários, e que alimentos devem ser substituídos.