A relação que toda mulher tem com seu corpo é forte e cheia de altos e baixos. Saber como emagrecer sem perder seios é uma das tantas preocupações que ela carrega.

Vamos mostrar neste post, quais são os alimentos e ervas que podem ajudar a aumentar os seios, e qual a relação do treino de musculação e do uso do anticoncepcional no tamanho das mamas.

Sem perder peito
O que vai rolar neste post

É realmente difícil encontrar alguém que esteja 100% satisfeita com as próprias medidas, com o formato do corpo, o tamanho das pernas, bumbum, seios, entre outros.

Por isso, é comum que as mulheres busquem sempre uma maneira de melhorar sua forma e turbinar sua autoestima, seja por meio de dietas, tratamentos estéticos, ou até mesmo uma repaginada no visual.

É claro que isso também está muito ligado ao fato de as mulheres serem muito cobradas socialmente.

Acontece realmente uma cobrança muito grande, sobre a qual falaremos mais pra frente.

Algumas dificuldades

Uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos, são alguns dos métodos mais utilizados na hora de “melhorar” o corpo.

Mas durante o processo de emagrecimento, sabemos que algumas coisas indesejáveis podem acabar acontecendo:

Como a perda no volume dos seios!

Par de seios
Busto feminino

Um ponto que preocupa muito as mulheres que estão satisfeitas com o tamanho de seu sutiã, mas que precisam perder peso. Porém, gostariam de manter o volume que já tem nos seios…

Mas será que existe algum modo de emagrecer sem perder seios?

A musculação ajuda ou prejudica o volume dos meus seios e, o mais importante:

Ao emagrecer, eu vou mesmo perder medidas no busto?

Encontre as respostas para estas dúvidas muito comuns a seguir.

O volume dos seios

O que garante o volume dos seios é basicamente a quantidade de gordura que há nele.

Fator genético

O fator genético é apenas um dos fatores que determina o tamanho dos seios, ou que vai determinar a perda de seu volume durante o processo de emagrecimento.

E isso varia de mulher para mulher.

Musculação

A musculação ainda é uma atividade física cheia de controvérsias e, por isso, algumas pessoas acreditam que não podem realizar todos os exercícios, seja por falta de informação ou medo de ficarem fortes demais.

Treino de peito
Mulher treinando peito

No entanto, é preciso ter em mente que a musculação não serve apenas para fazer seus adeptos ficarem musculosos, ela também melhora o condicionamento físico e dá mais tônus muscular, deixando o corpo mais preparado e esculpido.

Todos esses benefícios a levam a ser uma grande aliada no processo de perda de peso, tornando a atividade cada dia mais procurada por pessoas com sobrepeso.

Treino de peito diminui os seios?

O ideal num treino de peito é trabalhar bem os exercícios específicos para o peitoral.

O que faz com que muitas mulheres deixem de treinar esta região, com receio de reduzir o tamanho de seus seios.

Esse é realmente um fator limitante no treino de muitas mulheres. Mas se a sua preocupação é a perda de volume mamário, não precisa ter esse cuidado.

Neste vídeo, um personal trainer explica que a musculação não irá alterar o tamanho de seu peito consideravelmente.

Em alguns casos, em que a pessoa já tem pouco peito, pode ser que note alguma diferença maior.

Mas na verdade, os exercícios alteram o músculo, que está abaixo da glâdula mamária.

E não tem nenhuma forma de alterar a quantidade de gordura que é o que realmente determina o tamanho de um seio.

Em exercícios como a corrida, pode ser que ocorra uma alteração na flacidez do seio, e não em seu volume.

Os movimentos podem deixar os seios mais flácidos, o que pode ser evitado usando um sutiã ou top que mantenha eles “presos”. Não precisa exagerar, é só para segurar, não precisa machucar.

Alimentos que aumentam os seios

A lista abaixo traz alimentos que podem sim ajudar a aumentar um pouco o volume dos seios.

Logo em após, também vamos mostrar quais são as ervas que também contribuem para isso.

Bebendo leite
Leite de soja

Mas não há milagres. Não se deixe enganar com milhares de produtos vendidos na internet, que prometem um aumento considerável no tamanho dos seios.

Além de serem promessas ilusórias, podem fazer você acabar se frustrando quando não conseguir o resultado desejado por três motivos muito simples:

  1. Primeiro porque vai ter gastado dinheiro com isso. Um investimento é com algo que traga resultado. Quando isso não acontece, se trata de gasto mesmo.
  2. Segundo, pela perda de tempo.
  3. E terceiro, porque é muito desagradável se dar conta de que todo o esforço foi em vão. Afinal, você tinha esperança naquilo.

Então já adiantamos. Estes alimentos ajudam sim a aumentar os seios, mas não é um aumento muito significativo.

O que eles tem em comum

Todos estes alimentos tem a mesma coisa em comum, no que diz respeito ao aumento mamário.

Eles possuem fitoestrogênio, estimulando um aumento no volume dos seios.

O fitoestrogênio ainda pode ajudar a aliviar os sintomas da menopausa, e da TPM!

Alimentos para aumentar o peito
Lista de alimentos

É preciso mantê-los na alimentação diariamente. Claro que seria impossível ingerir todos eles num dia só.

Mas você pode manter um equilíbrio. Por exemplo:

Um dia a soja, no outro dia a lentilha, e assim por diante. Essa é uma forma mais simples de manter estes alimentos na dieta, para alcançar o objetivo de aumentar os seios.

Vamos à lista.

Soja

A soja é um dos alimentos que mais contribuem pra isso, de forma natural!!!

Maravilhoso, né?

Pode ser:

Soja
Soja
  • Leite de soja;
  • Sucos enriquecidos;
  • Grãos;
  • Proteína texturizada.

Tofu

O tofu é derivado da soja, ou seja, vai possuir praticamente o mesmo benefício, para o objetivo que estamos falando hoje, que é o aumento do volume dos seios.

Dê preferência ao tofu não transgênico.

Linhaça

As sementes de linhaça também aumentam a produção do hormônio estrogênio, que faz a diferença no tamanho dos seios.

Leite de caixinha e seus derivados

O leite de caixinha também contém estrogênio.

leite de vaca
Leite de caixa

Enfatizo o leite de caixinha, porque as vacas que o produzem, infelizmente são recebem o estrogênico sintético.

Assim, ao consumir estes alimentos, estamos ingerindo também este hormônio.

Isso também vale para os derivados deste tipo de leite, como manteiga e queijos.

Outros

Estes ficaram por último, mas não menos importantes, também ajudam a aumentar um pouquinho o volume do seio feminino.

  • Verduras verde escuras;
  • Feijão;
  • Lentilha;
  • Amendoim.

Ervas para os seios

Ás vezes as mulheres querem uma dica para emagrecer mas tem a preocupação de perder muito seio.

Isso faz com que muitas vezes acabe procurando uma solução para isso.

Cuidado com as receitas mirabolantes que você pode encontar na internet.
Como dissemos, não há milagres.

De forma natural, só é possível dar uma leve aumentada no volume do seio.

Chás para aumentar os seios
Ervas para aumentar os seios

E receitas mirabolantes podem causar problemas à saúde. Principalmente porque as ervas podem alterar significativamente os hormônios de seu corpo, o que pode acabar trazendo prejuízos.

Por isso esse tipo de tratamento não deve ser negligenciado.

Feno-grego

Pode deixar o chá descansando durante a noite inteira, e pela manhã, passar nos seios fazendo uma massagem.

Anis-estrelado

O recomendado é tomar este chá três vezes por dia durante sete dias. Não ultrapasse este período.

Aguarde 1 semana, para poder voltar a usar.

Faça o chá usando 1 litro de água fervida para 1 colher de chá da erva.

Erva doce

Esta erva possui os fitoestrogênios citados acima, que estimulam o crescimento dos seios.

Outras

Estas são outras plantas que também podem estimular o crescimento dos seios.

  • Pueraria-Mirifica;
  • Alcaçuz;
  • Bardana.

Uso de anticoncepcional

Existem estudos que mostram que o anticoncepcional pode ocasionar em aumento de peso.

Mas ele não ocasiona num aumento das glândulas mamárias.

O que pode acontecer, na verdade, é um inchaço no tecido mamário, que varia de mulher para mulher.

Silicone

O implante de silicone é a única forma de aumentar consideravelmente o tamanho dos seios.

Os preços variam de 7 a 15 mil reais.

É aconselhável escolher um bom profissional, e realizar diversas pesquisas antes de realizar uma cirurgia como esta.

Procure saber:

  • Exames necessários;
  • Como é o pré-operatório;
  • Pós operatório;
  • Riscos.

O pós-operatório de uma cirurgia de silicone é bem complicado, e deve ser seguido à risca para evitar complicações.

Autoestima

A falta de autoestima pode ter uma ligação com o desejo de aumentar os seios.

Mas isso está ligado também com fatores culturais.

Há uma exigência muito grande da sociedade com relação à aparência da mulher.

Não à toa, o Brasil já é o primeiro país no mundo a realizar mais cirurgias de implantes de silicone. Há um tempo atrás, o posto era ocupado pelos Estados Unidos.

O machismo e a misoginia estão profundamente enraizados em nossa sociedade, assim como a objetificação da mulher.

E tudo isso também contribui para um aumento neste tipo de cirurgias.

Antigamente, era comum garotas prestes a fazer 15 anos pedirem aos pais uma viagem para a Disney como presente de aniversário. Hoje em dia, é comum pedirem cirurgia de silicone.

Não há absolutamente nada de errado em desejar um corpo mais atraente e sensual.

Afinal, uma mulher deve ser livre para fazer o que quiser!

Mas será mesmo que uma cirurgia deste risco vale a pena? Será que o tamanho é realmente assim tão importante?

Talvez, antes de buscar pela cirurgia, um trabalho de autoestima possa fazer um efeito tão significativo, que você possa passar a amar seus seios do jeito que são, e acabar até desistindo do silicone.

Pense nisso.

Não estou aqui para julgar, mas apenas para inspirar em você novas ideias.

Você acha que aumentar os seios pode também aumentar a autoestima? Sim ou não? Deixe nos comentários. Seu comentário pode ajudar alguém que esteja precisando tirar esta dúvida..