Confira aqui um guia de Como Perder Barriga, do Dr.Jade Teta, um médico clínico americano. Ele é autor de um livro que trata do assunto, “The Metabolic Effect Diet”.

Você vai entender neste artigo como tudo funciona. Porquê e como a gordura abdominal é acumulada nesta região.

Você também vai aprender como perder barriga.

Gordura abdominal – A Ciência explica

Primeiro, entenda o que a ciência diz sobre o acúmulo de gordura no abdomên, para entender melhor o processo de como perder barriga.

Existem dois tipos de gordura da barriga: a gordura visceral, e a gordura subcutânea.

A gordura visceral encontra-se sob o músculo abdominal, e está bem próximo aos órgãos.

A gordura subcutânea, encontra-se acima dos músculos abdominais. Esta é aquela gordurinha que você pode perceber quando coloca um cinto, e ela “cai” por cima dele.

A gordura visceral é mais facilmente armazenada, e mais fácil de ser queimada.

A gordura da barriga é armazenada, quando a combinação do excesso de calorias atende a influência hormonal de cortisol e insulina.

Cortisol e Insulina

A única grande influência, sobre os níveis de insulina em seu corpo, vem da quantidade de amido e alimentos doces que você come. A maior influência sobre o cortisol tem a ver com os níveis de stress, que estão diretamente relacionados a qualidade do sono (e quantidade de horas dormidas).

O que muitas pessoas não percebem é que o cortisol é um hormônio esquizofrênico quando se trata de perda de gordura. Ele aumenta o armazenamento de gordura devido às ações que tem sobre a principal enzima armazenadora de gordura, chamada lipoproteína lipase (LPL). Mas, ironicamente, ele também acelera a queima de gordura, estimulando a maior liberação do hormônio de gordura enzima lipase sensível (HSL).

O cortisol pode ser seu melhor amigo ou seu pior inimigo para perder barriga. Por si só ele não tem muito impacto sobre a gordura abdominal.

A atividade da insulina encerra qualquer atividade de liberação de gordura de outros hormônios como o cortisol, e, portanto, acentua os efeitos negativos de armazenamento de gordura. Adicionar cortisol à insulina é como jogar gasolina em um incêndio. Os dois juntos – com excesso de calorias – são os verdadeiros culpados em ganho de gordura no abdomên ou em volta da cintura.

(Amido e Açúcar + Gordura) x Stress = gordura da barriga

Amido e açúcar (AA), combinados à gordura (G), podem representar a pior combinação para o ganho de gordura.

Amidos e açúcares elevam os níveis de insulina e a gordura é relativamente neutra. Em outras palavras, enquanto houverem fontes de gordura e calorias por si só, haverá pouco ou nenhum impacto sobre a produção de insulina. Porém, quando a gordura é adicionada ao açúcar e ao amido (por exemplo: batatas fritas, pizza e hambúrgueres), você terá altas quantidades de calorias, mais exposição à insulina, perdendo a capacidade de se sentir satisfeito.

A insulina e a gordura, também aumentam de forma independente, um outro hormônio armazenador de gordura, chamado Proteína Estimulante de Acilação Humana (ASP), e, quando combinados, aumentam drasticamente outro hormônio de armazenamento de gordura, chamado GIP (Polipeptídeo inibitório gástrico). Adicionando-se o stress nisso, o impacto é multiplicado, forçando ainda mais o excesso de calorias ao redor da barriga.

(Proteínas + Vegetais) x (Sono + Exercício intenso) = Barriga de tanquinho

Eis aqui uma fórmula de como perder barriga.

Proteínas (P) e vegetais (V) adicionadas a um potente controle do apetite, com pouca produção de insulina.

Isso significa menos calorias e um melhor equilíbrio hormonal.

Dormir bem amplia este efeito através da redução de cortisol, e aumentando o hormônio do crescimento humano (HGH) – um hormônio de queima de gordura e construção muscular.

Adiciona-se então os exercícios para perder barriga que são eficazes e intensos (mais HGH e testosterona), e cardio de longa duração (mais cortisol), e você começa a ver a ver a “gordura escorrer” e perder barriga.

Como Perder Barriga

Agora confira o guia de como perder barriga.

A solução encontra-se na substituição do açúcar e amido pelas fibras, e no aumento das proteínas.

Os alimentos com a maior proporção de fibras em relação ao amido são os vegetais: feijão. Milho e batata são considerados amido, especialmente quando se tenta perder gordura. E os alimentos mais altos em proteína são: os ovos, e todos os cortes de carne magra.

Já o queijo e o iogurte, também são ricos em proteínas, porém podem aumentar a carga de gordura e açúcar, por isso então, use alimentos lácteos em pequenas quantidades.

Com relação aos exercícios para perder barriga, execute-os em ritmo acelerado de treinamento de peso. Treinamentos feitos da maneira correta são ótimos na queima de gordura, e ainda ajudam a equilibrar os hormônios, além de ótimos para o coração.

Dieta para perder barriga

Café da manhã: ovos e porção de amido

Lanche: atum e legumes

Almoço: salada com frango

Lanche: Maçã e um punhado de amêndoas

Jantar: bife, legumes duplos, e mais alguma porção de amido

Dê preferência aos exercícios intervalados de alta intensidade, como os ensinados pela Olívia e pelo Vinícius nos programas de emagrecimento Corpo de 21, e Sistema Queima de 48 Horas.

Escolha um Treino de peso em circuito ou um treinamento intervalado, e execute por 20 minutos.

Circuito de Treino de Peso

Duração: 20 minutos

Faça 4 Exercícios de agachamento, conforme a sequência demonstrada nas imagens abaixo. Faça 12 repetições de cada exercício, e imediatamente já vá para o próximo. Veja quantas sequências consegue fazer em 20 minutos.

Exercício 1

Comece na posição de agachamento com pesos livres em seus lados. Em seguida, vá para a posição em pé, curvando o seu peso de encontro a seu peito. Após, erga os pesos para em cima, conforme a figura.

Exercícios para emagrecer
Exercício 2

Exercícios para emagrecer
Exercício 3
Exercícios para emagrecer
Exercício 4

Exercício 4

Segurando os halteres ao lado do corpo, passe o pé esquerdo a frente, e dobre os joelhos até que sua coxa esquerda fique paralela ao chão. Ao fazer o agachamento, enrole os pesos em frente a seu peito, mantendo as palmas para cima. Em seguida, reverta para retornar. Após, repita com a perna direita.

Treinamento intervalado

Duração: 20 minutos

Você pode usar uma bicicleta ergométrica, ou correr. Faça o exercício por 20 segundos, e descanse por 40 segundos. Faça mais 30 segundos, e descanse também por 30 segundos. Depois, faça mais 40 segundos de exercício, e descanse por 20 segundos. Descanse por um minuto, e repita a sequência quatro vezes.

Caminhar não é considerado exercício – é uma necessidade que reduz o cortisol. Incluia uma caminhada depois de cada treino.

Este plano para perder barriga é para uma semana:

Segunda-feira – circuito com pesos, caminhada

Terça-feira – treinamento intervalado, caminhada

Quarta-feira – circuito com pesos, caminhada

Quinta-feira – treinamento intervalado, caminhada

Sexta-feira – circuito com pesos, caminhada

Sábado – corrida ou bicicleta, caminhada

Domingo – Descanso

Sono

Durma de 8 a 10 horas por noite.

Lembrando que temos programas de emagrecimento, que tem como base o treinamento Intervalado de alta intensidade mencionado no artigo, com resultados em 6 e 8 semanas. Clique Aqui para conhecer um método se você for Mulher, e se você for Homem ou Mulher, clique aqui.