A diabetes é uma doença crônica que atinge milhares de pessoas no mundo inteiro. Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre a diabetes tipo 2, e você vai saber quais são os sintomas, causas e principais tratamentos.

O Que É Diabetes Tipo 2?

O diabetes tipo 2 é uma doença crônica causada pelo mau funcionamento do metabolismo da glicose, que é a principal fonte de energia do organismo.

Quem sofre com a diabetes tipo 2 possui uma deficiência na célula beta que reduz a capacidade do organismo de utilizar a insulina adequadamente. Tal deficiência também é conhecida como resistência à insulina.

Fatores De Risco

Os maiores fatores de risco da diabetes tipo 2 são:

  • Histórico familiar de diabetes tipo 2;
  • Sobrepeso;
  • Sedentarismo;
  • Faixa etária acima dos 45 anos;
  • Tolerância à glicose pré-estabelecida.
  • Mulheres que desenvolvem diabetes no período gestacional estão mais propensas a desenvolver a diabetes tipo 2.

Principais Sintomas

Sintomas do diabetes

O diabetes tipo 2 é uma doença silenciosa, que pode não apresentar grandes sinais no início, e por este motivo você pode ter a doença por anos sem saber de sua existência.

Sintomas mais comuns:

  • Sede constante;
  • Formigamento dos pés;
  • Feridas com difícil cicatrização;
  • Fome constante;
  • Infecções recorrentes nos rins, bexiga e pele;
  • Furúnculos;
  • Perda progressiva da visão;
  • Vontade de urinar inúmeras vezes.

Se você se enquadra em algum dos fatores de risco citados acima, e apresenta alguns dos sintomas relacionados, procure seu médico para realização dos exames, e diagnosticar o quanto antes se trata-se de diabetes.

Como Diagnosticar O Diabetes Tipo 2

Sintomas de diabetes

São três os exames usuais que detectam o diabetes tipo 2:

Glicemia De Jejum

Este exame é realizado para medir sua glicose no momento do exame, após o jejum estipulado pelo seu médico, e que servirá de parâmetro para monitorização do diabetes.

Os valores de referência são:

De 65 a 99 miligramas de glicose por decilitro de sangue, mg/dL.

Quando os resultados são considerados anormais?

Alerta: Valores acima de 100mg/dL servem para alertar e prosseguir a investigação com curva glicêmica.

Confirmação: Com 02 resultados acima, de 126mg/dL, há a confirmação do diabetes tipo 2.

Valores acima de 200mg/dL também são considerados na confirmação do diabetes tipo 2.

Hemoglobina Glicada

Os valores apresentados neste exame vão mostrar se você está com hiperglicemia, o que indicará a necessidade da investigação para diagnóstico do diabetes tipo 2.

Valores da hemoglobina glicada:

Pessoas que estejam saudáveis:

Entre 4,5% e 5,7%.

Pacientes diagnosticados com diabetes:

Abaixo de 7%.

Pré-diabéticos:

Anormal próximo do limite: entre 5,7% e 6,4%.

Confirmação para diabetes tipo 2:

Maior ou igual a 6,5%.

Curva Glicêmica

Para simplificar o entendimento de como funciona o exame sobre a curva glicêmica, o diagnóstico é dado medindo a velocidade com que seu corpo absorve a glicose depois da ingestão.

O paciente é levado a ingerir 75 g de glicose, e é feita a mensuração da quantidade da substância que ainda se encontra em seu sangue após 2 horas da ingestão.

Os valores de referências são:

Em jejum:

Abaixo de 100mg/dl.

Após 02 horas:

140mg/dl.

Com estes exames é possível fazer um “rastreamento”, e diagnosticar com eficácia se você possui o diabetes tipo 2.

Mitos Sobre O Diabetes Tipo 2

  • Ele não é contagioso, não passa de pessoa para pessoa. É preciso deixar claro que o diabetes tipo 2 é uma consequência de maus hábitos;
  • A insulina não causa dependência química. Sua aplicação não causa nenhum tipo de dependência química nem psíquica. O paciente com diabetes necessita da insulina para sobreviver.

Recomendação:

Faça seus exames de rotina anualmente, e mantenha a saúde em dia.

Referências:

Minha Vida

Tua Saúde