A Intradermoterapia é um dos procedimentos estéticos que podem ajudar a turbinar o emagrecimento e eliminar as gordurinhas.

Ganhou fama no verão de 2011, é até hoje uma das formas mais procuradas na hora de acabar de vez com a gordura localizada, sem que para isso precise passar por alguma cirurgia ou algo do tipo.

Como Funciona A Intradermoterapia?

Procedimento estético

O tratamento nada mais é do que aplicações de enzimas chamadas lipolíticas, que são feitas por debaixo da pele. Essas injeções subcutâneas levam algumas substâncias que irão agir de forma precisa nos chamados nódulos de gordura ou nas células adiposas.

As substâncias agem então nos ácidos graxos e também no glicerol, que acabam por romper as células e fazer com que o nosso organismo possa eliminar a gordura de nosso corpo de forma mais rápida.

Essas aplicações são feitas com agulhas bem finas e em áreas do corpo nas quais, normalmente, a gordura fica acumulada em maior quantidade e, por isso, tem um efeito mais completo em pessoas com dificuldades para eliminar as gorduras localizadas.

De origem francesa, a Intradermoterapia tem o princípio de colocar uma grande concentração de medicamentos nas áreas com excesso de gordura. Dessa forma, apenas células de gordura sofrem com as substâncias, diminuindo até mesmo os riscos de efeitos colaterais do procedimento. Além disso, ele é muito efetivo no combate às celulites, já que é possível fazer a aplicação nessas áreas e acabar com os temidos “furinhos” da pele.

Tudo Que Você Precisa Saber

Por ser um procedimento levemente invasivo, a Intradermoterapia precisa de pelo menos algumas sessões para fazer efeito, em média depois da quinta sessão a pessoa já consegue perceber a redução do acúmulo de gordura.

Outro ponto positivo é que o procedimento é relativamente barato. Em média cada sessão custa entre R$ 60 e R$ 70. O ideal é que você faça, no mínino 10 sessões para que os efeitos sejam satisfatórios.

Cada aplicação dura em média 15 minutos, e o cliente só deve fazer no máximo 3 procedimentos por semana. As avaliações ocorrem a cada 7 sessões, o que mostra sua evolução e também a redução das medidas, assim como a perda de peso.

O procedimento é realizado apenas por médicos, por isso, tome cuidado na hora de procurá-lo. Clínicas com profissionais apenas de estética não estão habilitados, já que é preciso ter um amplo conhecimento de anatomia humana na hora de realizar todas as aplicações.

A Intradermoterapia não tem contraindicações, e pode ser feita tanto por homens quanto por mulheres.

Como a aplicação é feita diretamente no local do acúmulo de gordura, a Intradermoterapia pode ser realizada por quem sofre de pressão alta, diabetes e até problemas circulatórios.

Os Cuidados Antes E Depois

  • É preciso ficar atento na hora da aplicação, tanto com o médico como com as agulhas e fármacos usados. Pergunte sempre o que são e se certifique que você não tem alergia às substâncias.
  • A Intradermoterapia deve ser usada em parceria com um cardápio equilibrado, já que se você continuar a consumir calorias demais, seu corpo produzirá mais células adiposas, e com isso as temidas gordurinhas não irão embora.
  • O tratamento não causa dor, mas em pessoas mais sensíveis é possível que um leve incômodo seja sentido, tanto na hora da aplicação como depois. Por isso, respeite seu corpo e faça aplicações espaçadas, assim você evita os hematomas.

Curtiu?