O que fazer para emagrecer? Começar um programa de emagrecimento, uma dieta, ou fazer caminhada?

Para emagrecer é preciso mudar a alimentação e inserir uma rotina de atividades físicas em seu dia a dia.

O problema é que, apesar de essas serem mudanças importantes para todo o processo de perda de peso, existem mais uma série de coisas necessárias para responder de forma correta o que deve ser feito para emagrecer.

Pensando nisso, vamos listar abaixo tudo o que é preciso fazer para alcançar um emagrecimento saudável, e conseguir eliminar seu peso de forma efetiva.

O Que Fazer Para Emagrecer Definitivamente

Dicas para emagrecer

Aposte Em Um Programa De Emagrecimento

Com um programa de emagrecimento você terá o apoio necessário para uma perda de peso efetiva, sem perder tempo procurando por dietas ou exercícios aleatórios, ou, o que é pior, passar horas em uma esteira que não garantirá uma perda de peso mais rápida e efetiva, como os programas garantem.

O Sistema Queima de 48 Horas é um deles. Formulado pelo personal trainer e expert em exercícios voltados para a queima de gordura, Vinicius Possebon, o Queima de 48 Horas é um programa de emagrecimento no qual você aprende como se exercitar poucos minutos por dia, mas de forma intensa, fazendo com que assim você queime muito mais gordura do que dançando ou caminhando, por exemplo. Pode ser praticado tanto por homens, quanto por mulheres. Clique aqui para saber mais.

O Corpo de 21 é outro programa para se exercitar poucos minutos, e garantir uma perda de peso efetiva em menos tempo. Mas este é voltado exclusivamente para mulheres. Clique para conhecer.

Tenha Um Planejamento

Pode parecer besteira, mas um planejamento te ajudará a não cair em tentação, e passar pelo processo de emagrecimento de forma mais consciente e efetiva.

Para isso, é preciso que você planeje toda a sua alimentação do dia e, se possível, deixe tudo pronto. Assim, você evita comer besteiras quando a fome aparecer, e deixa de usar a falta de tempo como desculpa para não preparar uma alimentação mais saudável.

Não Faça Cortes Radicais

O corte rígido de um ou outro grupo alimentar fará com que você tenha mais chances de ter uma recaída. Seu organismo, que já está acostumado com tais alimentos, começará a sentir falta ddeles, e você sentirá cada vez mais vontade de comer aquilo.

Por isso, tenha em mente que é preciso reduzir gradualmente os alimentos, até mesmo os que causam mais danos e por isso viciam mais. Por exemplo, coma aquilo que você gosta, mas que não é aconselhável para um plano alimentar de perda de peso, uma vez na semana, e depois reduza o tempo para uma vez a cada 15 dias, uma vez por mês e por aí vai. Com isso, chegará uma hora que seu corpo não sentirá mais falta do alimento, e você não irá sofrer tanto para deixá-lo de lado.

Beba muita água

Mais um item que não pode faltar na lista quando pensamos “o que fazer para emagrecer” é a hidratação.

Isso porque o organismo que está desidratado não funciona bem, e com isso, o seu intestino também falha e o processo de emagrecimento começa a ter menos resultados, até chegar a hora em que a retenção de líquidos e outros fatores, como o aumento de gordura, farão os ponteiros da balança subirem mais do que você gostaria.

Tenha lanches saudáveis em mãos

Aqui o processo é mais simples do que imaginamos. Para saber o que fazer para emagrecer é preciso ter em mente que sua alimentação é a prioridade. Por isso, escolha alimentos pouco calóricos e que possam potencializar o seu processo de perda de peso. Separe-os, e os deixe sempre na bolsa e nos armários, para evita que você caia em tentação.

Exercícios

Na hora de escolher uma atividade física, faça algo que você goste: Pode até parecer algo óbvio, mas quando pensamos “o que fazer para emagrecer“, temos que ter em mente que é preciso se matar uma esteira, mas o mais importante é encontrar prazer no que se faz, principalmente no início do processo.

Até porque a esteira não é o exercício mais recomendada para uma perda de peso efetiva.

Isso acontece porque ao escolher uma atividade, é provável que você a faça com mais freqüência se gostar do que faz. Assim, você evita encontrar motivos para não ir à academia, sair para correr ou fazer uma caminhada, o que muito provavelmente acontecerá em algum momento caso você opte por algo que não lhe dê prazer.

Ao aliar algo que goste com a “obrigação” de praticar uma atividade para queimar calorias, os resultados serão melhores, e perder peso não irá soar como algo negativo ou extremamente desgastante para você.

Aos poucos, você ganhará mais força e motivação, e se permitirá experimentar novos exercícios que poderão potencializar ainda mais a sua perda de peso.