O colesterol alto é um dos maiores problemas encontrados em quem não segue uma dieta equilibrada. O problema aparece normalmente por conta do excesso de gordura na alimentação, e pode trazer uma série de riscos para a saúde.

O colesterol nada mais é do que uma molécula presente e importante para o corpo humano. Ela é a responsável pela fabricação de alguns hormônios sexuais e também da vitamina D, dos ácidos biliares e da composição da membrana celular, que tem como principais funções definir e recobrir as células do nosso corpo.

Colesterol alto

A maior parte do colesterol é produzida pelo nosso organismo, sendo apenas 1/3 proveniente da nossa dieta. No entanto, a gordura ruim ou o LDL, é aquela que ocasiona o acúmulo de gordura, fazendo assim com que a preocupação com a saúde aumente e o colesterol alto se torne um problema.

Ele é considerado perigoso quando ultrapassa o valor de 240 mg/dl, ou se o colesterol bom (chamado de HDL) está com um nível menor que 40 mg/dl.

Problemas De Saúde Causados Pelo Colesterol Alto

Com os níveis do colesterol altos, a pessoa começa a ter essa molécula se depositando na parede dos vasos, e sofrendo um processo de oxidação. Esse processo acaba modificando a camada interna das artérias, chamada de endotélio.

Com isso, outras substâncias como a fibrina e o cálcio encontram maior facilidade para se depositar nas paredes das artérias, criando algumas placas de gordura, que com o tempo podem diminuir a circulação sanguínea e até entupir a artéria.

O problema é que com esse “entupimento”, a pressão presente dentro da região passa a ser muito maior, o que acaba provocando uma inflamação e em alguns casos mais graves, o rompimento dessa artéria ou vaso.

Colesterol

O hipercolesterolemia, que nada mais é do que o nível de LDL aumentado, faz com que essas placas acumulem gordura, endureçam e causem a obstrução dos vasos, chamada na medicina de aterosclerose. Essa condição pode levar a pessoa à condições de saúde preocupantes, já que o fluxo sanguíneo pode ser interrompido.

Entre as doenças associada a esse problema estão o Acidente Vascular Cerebral (AVC), o acúmulo de gordura no fígado, a obesidade e também o infarto do coração.

O colesterol alto está associado não só a dieta rica em gordura, mas também a fatores genéticos, sedentarismo e também ao tabagismo.

Alimentos ideais para combater o colesterol alto

A prática de uma atividade física diária e também a busca por uma alimentação mais equilibrada pode acabar com o problema. Já em casos mais graves, a pessoa precisa tomar algumas medicações que ajudaram a melhorar sua condição de saúde.

  • Entre os alimentos mais importantes e que ajudam a reduzir os níveis de colesterol no sangue, estão os peixes, ricos em ômega 3, uma gordura boa que reduz os níveis não só do colesterol, mas também de triglicerídeos, e ainda diminui as chances da formação de coágulos no sangue.
  • A aveia também é um superalimento que pode ajudar nesse combate. Rica em fibras solúveis, ela inibe o acúmulo de gordura, melhora a circulação e ainda controla a glicemia.
  • Já as oleaginosas como castanhas e nozes possuem a arginina, substância vasodilatadora que ajuda a diminuir os riscos de doenças cardíacas. Por sua vez, o chocolate meio amargo é rico em flavonóides, substâncias que atuam na redução dos níveis de LDL e por isso, quando consumido em doses baixas faz bem à saúde.
  • A laranja também é rica nessa substância, e já foi tema de um estudo realizado pela Universidade de Viçosa, publicado na American Heart Association, mostrando a atuação dos flavonóides na redução do colesterol.
  • A canela também é outro alimento importante para o combate do aumento do colesterol, isso porque um estudo realizado no Kansas State University revelou que consumir meia colher de sopa da especiaria todos os dias ajuda a combater o LDL. Além disso, ela é termogênica, auxilia no emagrecimento, e ajuda no sistema circulatório.