Laxante é um tema controverso e causa muito debate quando relacionado a emagrecimento. Por isso, saiba quais alimentos tem ação laxante natural, e pare de sofrer com constipações e inchaço na barriga.

Maléficos quando usados de forma desenfreada e por muito tempo, eles podem causar sérios problemas em nosso organismo e dificultar ainda mais todo o processo de perda de peso, mas não é por isso que todos eles devem ser evitados.

Laxantes naturais
Conheça os alimentos que tem efeito laxativo natural

Quando mudamos nossos hábitos alimentares é normal que nosso organismo sofra um pouco no começo, e em algumas pessoas a prisão de ventre se torna constante. A constipação e o aumento na produção de gases é incômodo e pode nos deixar mais irritados, ansiosos e até mesmo inchados. Mas existem alguns alimentos que tem efeito naturalmente laxante, e que podem ajudar nesses casos.

Tipos De Laxantes Naturais

Os laxantes naturais são divididos de acordo com seu modo de atuação no organismo, e podem ser estimulantes, osmóticos e mecânicos.

Laxantes Mecânicos

São alimentos ricos em fibras, e que funcionam com o aumento do bolo fecal.

Isso porque eles favorecem a evacuação ao hidratar as paredes do intestino, retendo mais água e ainda estimulando os movimentos chamados de peristálticos. Os alimentos que entram nesse grupo possuem uma grande concentração de fibras não solúveis e também solúveis, benéficas não só para o intestino, mas também para todo o processo de emagrecimento.

Ameixa rica em fibras

Eles são normalmente usados por quem precisa de uma ação rápida, assim como são indicados para pessoas que sofrem com prisão de ventre ou constipação. Se usados com alimentos probióticos, tem sua ação laxante aumentada e normalizam de forma mais rápida o intestino.

Laxantes Estimulantes

São um grupo de laxante natural conhecidos como catárticos ou purgantes. Eles conseguem incentivar o funcionamento da musculatura de nosso intestino. Isso porque esses alimentos tem em sua composição substâncias que agem no cólon, especificamente nas terminações nervosas, além de aumentar a produção de líquidos e a absorção de minerais de todos os alimentos.

Eles são mais recomendados para o uso noturno, isso porque funcionam no organismo por um longo período, cerca de oito horas, e podem causar alguns desconfortos quando consumidos durante o dia.

Laxantes Osmóticos

São o grupo de laxante que tem como principal característica o aumento de água no bolo fecal. Eles impulsionam o organismo a eliminar os líquidos. São de uso intenso e por isso é preciso ingerir junto com esses alimentos muita água. O mais famoso laxante osmótico é a ameixa.

Alimentos com efeitos laxantes

A nutricionista Tatiana Zanin afirma que frutas e legumes já muito conhecidos como o mamão, abóbora, e ameixa, funcionam como ótimos laxantes naturais. Mas existem outros alimentos que possuem importante ação laxante que desconhecemos.

Entre eles estão s raíz de alcaçuz, chá de bardana, vinho tinto, suco de aloe vera e os chicletes sem açúcar. Eles possuem efeitos mais “leves” e por isso, são mais desconhecidos pelo efeito, mas se usados sozinhos não se tornam tão eficazes.

Pessoas que sofrem com intestino preso podem ainda inserir em seus cardápios algumas especiarias como açafrão, pimenta-caiena e também gengibre. O gengibre, muito usado para acelerar o metabolismo consegue ainda regular o trato digestório. A pimenta aumenta os sucos gástricos e também as enzimas que atuam no nosso intestino. Já o açafrão, além de ajudar na prisão de ventre, também desintoxica o fígado.

As frutas cítricas também auxiliam nesse processo. Isso porque são ricas em vitamina C, que consegue converter toda a toxina de nosso corpo em uma matéria digerível que, aliada a 15% das fibras presentes nos alimentos, diminui a prisão de ventre e ainda ajuda no emagrecimento.

Além disso, é preciso se hidratar. Pelo menos 2 litros de água diária é essencial, já que isso ajudará a “amaciar” as fezes e permitir que sua eliminação seja mais natural, evitando assim a tão incômoda prisão de ventre.