Estas são as melhores formas de queimar gordura mas sem colocar sua saúde em risco.

A busca por uma queima calórica na maioria das vezes, vem da vontade de ter um corpo mais bonito, e não exatamente de ter mais saúde.

Mas o acúmulo de gordura pode estar relacionado a diversas doenças, sobre as quais comentaremos neste post.

Excesso de gordura

Vamos falar também sobre os alimentos que queimam, e aqueles que devem ser evitados.

Outros fatores e dicas, que vão além da alimentação, também são fundamentais para conseguir este objetivo. Daremos estas dicas, tentando explicar detalhadamente ao longo deste post.

Além de mostrar alguns vídeos mostrando outras formas muito interessantes de secar.

Vamos lá.

Exercícios que queimam gordura rápido

A prática de atividade física é extremamente importante.

Exercicios em casa

Mas na hora de perder gordura, ela passa a exercer ainda maior importância, principalmente os treinamentos intervalados de alta intensidade, que dão mais resultados do que os exercícios aeróbicos.

Quer um programa de emagrecimento online, que ajuda a queimar gorduras de forma muito mais rápida? O queima de 48 horas é um programa formulado por um especialista. Com cerca de 15 minutos de treino por dia, pode ter certeza que os resultados são garantidos!

Diversifique

É importante dar uma diversificada no exercício, e na intensidade que você está realizando.

O exercício precisa virar rotina, mas não precisa ser o mesmo exercício, mesma sequência ou mesma intensidade todos os dias.

Alongamento

Renove os seus exercícios, assim você irá precisar mais energia para se adaptar a cada sequência ou modalidade do exercício e aumentar a queima de gordura corpora.

Tudo isso você aprende no programa online citado acima.

Secar sem perder massa

Neste vídeo, a nutricionista explica como funciona uma alimentação para perder gordura, ao mesmo tempo que não haja perda de massa magra.

Ela mesma te indica fazer o hiit que citamos acima, e que é o melhor tipo de exercício para perder peso.

Evitando a confusão

Neste caso, o metabolismo vai estar trabalhando de duas formas.

É difícil potencializar o ganho de massa muscular, enquanto potencializa a queima de gorduras.

Geralmente, o processo que é mais seguido, é este:

Primeiro, perder gordura. Para em seguida, ganhar massa muscular.

Consumo de proteína

O consumo de proteínas é extremamente importante.

Outros macronutrientes também são necessários, como os carboidratos e as gorduras.

Batata doce emagrece?

Mas a proteína é o mais termogênico entre eles, e o mais necessário para o ganho de músculos.

Muito de uma vez só

Se você consumir proteína numa elevada quantidade numa única refeição, isso será reconhecido como excesso.

Este excesso não será reconhecido para o ganho de músculos.

O ideal

O melhor então, será “parcelar” esta quantidade de proteínas, dividindo entre as suas refeições.

O ideal são 25 gramas de proteínas por refeição, para que não haja o tal do excesso.

Outros micronutrientes

Além dos macronutrientes citados, também é necessário ingerir micronutrientes.

Muitas pessoas acabam fazendo isso através de suplementos, por fazerem pouca ingestão de alimentos como frutas e verduras.

couve

Alguns destes micronutrientes são: o zinco e a vitamina B6.

Vegetais de cores verde escuro são ricos nestes nutrientes.

Carboidratos

Também devem ser consumidos.

Mas com moderação!!!

Jejum intermitente

O jejum intermitente funciona assim:

Você passa um período sem comer;

Relógio

Depois, tem um período, onde serão consumidos os alimentos necessários para garantir a saúde e bom funcionamento do corpo, além de outros objetivos que podem ser o de perder gordura.

Os períodos podem ser de 16, 18 ou 20 horas.

A forma mais clássica do jejum intermitente é de 16 horas de jejum.

Por exemplo:

Você faz sua última refeição as 16 horas da tarde, e só volta a se alimentar novamente no dia seguinte, às 8 da manhã.

Entre 8h e 16h será a janela que você vai ter para fazer as suas refeições.

Mas é claro que os horários de início e término do jejum serão definidos por você, de acordo com o que se encaixe melhor na sua rotina.

Pode consumir

Durante o período e jejum, você pode consumir apenas:

  • Água;
  • Café e chás sem adição de açúcar!!!

O corpo pode reagir, se você começar de uma vez só.

Por isso é sempre importante o acompanhamento médico.

Algumas pessoas começam num ritmo mais lento, operando com 12 horas de jejum, e depois aumentando este período gradativamente.

É uma alternativa muito interessante, porque durante o jejum, o corpo é obrigado a utilizar o estoque de gordura do corpo como fonte de energia, e não aqueles alimentos que você está comendo.

Benefícios

Neste vídeo, o Doutor explica quais são as vantagens desta prática.

A restrição calórica e o jejum, atua nas sirtuinas, que provocam várias reações genômicas interessantes para a saúde.

Como por exemplo:

  • Resistência ao stress;
  • Controle da glicose do metabolismo lipídico;
  • Biogênese mitocondrial;
  • E sobrevivência das células.

Alimentação para perder gordura

A alimentação, quando feita de maneira adequada e equilibrada, pode e DEVE ser um aliado importante nessa busca.

Entretanto, precisamos lembrar que não é UM único alimento ou em UM único dia que você irá conseguir perder essa gordurinha que está incomodando.

Até porque você não a ganhou de um dia para o outro…

Colágeno
O colágeno pode ser consumido também através do brócolis, alimento rico em vitamina C.

Para melhorar a sua alimentação e reduzir a tão indesejada gordura abdominal, é necessário identificar quais hábitos errados você possui.

Assim é possível verificar quais as mudanças que precisam ser realizadas.

Como funciona

Não adianta sair reduzindo, e cortando vários alimentos que fazem parte da sua rotina alimentar sem realizar as substituições adequadas, precisa também melhorar a qualidade da alimentação.

Para se alimentar corretamente, precisa sempre ter o equilíbrio entre a quantidade e qualidade.

É importante também, ter o acompanhamento de um profissional de saúde qualificado para acompanhar quais medidas podem e devem ser adotadas nesse momento.

Evitando assim mudanças erradas na alimentação, que possam causar deficiência de nutrientes futuramente.

Dicas úteis

  • Introduzir ou aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes na forma menos processada possível;
  • Consumir cerca de 2 litros de água por dia;
  • Trocar carboidratos simples por carboidratos complexos, sou seja, ricos em fibras;
  • Evitar alimentos fritos;
  • Preferir alimentos com baixo teor de gordura;
  • Se for consumir alimentos industrializados, prefira opções sem conservantes, corantes e aromatizantes, ou pelo menos com a menor quantidade deles;
  • Não ficar beliscando durante o dia. É importante parar, e realizar as refeições com calma;
  • Mastigar bem os alimentos, aumentando o tempo da realização da refeição, isso ajuda a aumentar à saciedade e a melhorar a digestão;
  • Realizar as refeições em lugares calmos, com atenção total na alimentação.

Alimentos para perder gordura

Peixes e frutos do mar

salmão

Os peixes e frutos do mar são ricos em ômega 3, um importante ácido graxo e essencial anti-inflamatório, que ajudam na saúde cardiovascular.

Azeite

O azeite possui componentes anti-inflamatórios, que auxiliam na saúde cardiovascular.

Isso é devido à ação que tem nos vasos. Que diminui a agregação de plaquetas de gordura.

Como usar

Mas para ter efeito benéfico no nosso organismo, o azeite deve ser adicionado em preparações cruas, ou depois de prontas.

Ou seja, é ótimo para:

  • Temperar saladas;
  • Adicionar em sopas ou caldos prontos;
  • Usar em verduras ou legumes cozidos depois de prontos, entre outros.

Alimentos integrais

Os alimentos integrais são ricos em fibras.

Comida integral

E quando associados com o consumo de água adequada ajudam no funcionamento intestinal, evitando aquela sensação de inchaço e desconforto abdominal.

Fibras

Além disso, as fibras deixam a absorção da glicose mais lenta, evitando assim picos de glicemia e do hormônio insulina.

Diminuindo o risco do desenvolvimento de diabetes mellitus.

Alterações inteligentes

  • Trocar arroz branco por arroz integral, ou adicionar fontes de fibras no arroz branco. Como legumes e verduras, chia, linhaça, amêndoa;
  • Trocar o macarrão padrão pelo macarrão integral;
  • Adicionar nas frutas e bebidas lácteas as sementes, grãos, farelos e farinhas integrais. Como a aveia, chia, linhaça, entre outras.

Frutas vermelhas

As frutas vermelho-arroxeadas são ricas em substâncias fitoquímicas, com ação antioxidante, que auxiliam no bom funcionamento do organismo. Mas, principalmente, no circulatório.

As frutas que entram nessa categoria são:

Morangos
  • Framboesa;
  • Amora;
  • Morango;
  • Cereja;
  • Jabuticaba;
  • Mirtilo;
  • Melancia;
  • Uva roxa.

É importante considerar a safra na hora de comprar. Se for a época destas frutas, elas vão estar mais baratas, com melhor qualidade e mais ricas em nutrientes.

Água

Sem água, a gordura não vai embora!!!

O consumo adequado de água é muito importante para todo o funcionamento do organismo, sendo o ideal em torno de 2 litros por dia.

Lembrando que não é 2 litros de qualquer líquido, e sim 2 litros de água.

Mas pode ser água pura, ou água aromatizada, que traz uma diversidade de sabores, ajudando assim a aumentar seu consumo.

Ao fazer água aromatizada, podemos também adicionar alguns ingredientes que ajudam a acelerar o metabolismo, como é o caso do gengibre e da canela.

A água ajuda a regular várias funções no nosso organismo, mas a principal delas, é a melhora do funcionamento intestinal quando consumimos com quantidade suficiente de fibras.

Alimentos termogênicos

Eles aumentam a temperatura corporal, e ajudam a acelerar o metabolismo, fazendo você gastar maior quantidade de calorias nas mesmas atividades.

Mas para obter o seu real efeito termogênico, a ingestão destes alimentos precisa estar associada a uma alimentação saudável e à prática de atividade física.

São eles
Gengibre

O gengibre é um famoso alimento termogênico.

Possui gingecol, cujas funções são:

  • Antioxidante;
  • Antifúngica;
  • Anti-inflamatória;
  • Inibe a agregação plaquetária, evitando o aparecimento de trombos.
Como usar

Pode ser consumido em forma de tempero, chá ou na água aromatizada.

Há uma grande diversidade de utilização dele na nossa alimentação.

Canela

A canela é outro alimento com fator termogênico.

Também ajuda na aceleração do metabolismo!!!

Pode ser adicionado no café, leite, fruta, chá, sobremesa e água aromatizada na forma de canela em pau.

Pimenta

A pimenta vermelha possui uma substância chamada capsaicina, que promove:

  • Aumento do gasto energético;
  • Quebra da gordura corporal para a utilização como forma de energia.
Como usar

Pode ser consumida na forma de tempero nas preparações no almoço e jantar.

Ou até no preparo de snack saudáveis, para serem consumidos nos lanches intermediários.

Não precisa ser uma grande quantidade. Um pouco já é suficiente para auxiliar no aceleramento metabólico.

Cuidados com eles!

Os termogênicos são maravilhosos.

Mas é preciso tomar um certo cuidado com eles!

Eles são contraindicados para gestantes, crianças, e pessoas com:

  • Pressão alta;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Insônia;
  • Doenças de tireoide;
  • Doenças relacionadas à hiperatividade.

Em alguns casos, pode até ser consumido, se tiver acompanhamento médico. Ele que vai te dizer a quantidade que está liberada.

Antes de dormir

Não é recomendado o consumo desses alimentos perto do horário de dormir.

Por acelerarem o metabolismo, eles podem acabar causando insônia.

E como todos os alimentos, devem ser consumidos com moderação.

Evite consumir todos juntos de uma vez todos os dias.

Consumo em excesso

O consumo dos termogênicos em excesso podem causar:

  • Tonturas;
  • Insônia;
  • Dor de cabeça;
  • E desconfortos gastrointestinais.

Ao sentir algum sintoma, pare o consumo imediatamente, e procure um médico.

Alimentação rica em proteínas

Uma alimentação rica em proteína pode gerar perda de peso saudável e, principalmente, de gordura corporal.

Há estudos que mostram que uma alimentação com maior porcentagem de proteína, teve melhora dos valores de colesterol total, auxiliando assim na perda de peso e gordura.

Entretanto, é necessário saber escolher as melhores fontes de proteínas, e quais alimentos devem estar associados com tais fontes, para que não faltem nutrientes importantes ao organismo.

Além disso, nem todas as pessoas podem aumentar radicalmente a quantidade de proteína da sua alimentação.

Um nutricionista pode ajudar nesse momento, identificando se você é uma pessoa que se beneficiaria do aumento de proteína na sua alimentação sem causar efeitos colaterais.

E verificar o equilíbrio alimentar necessário para que não falte nenhum nutriente ou tenha excesso de outros.

Alimentação pobre em carboidratos

Ao reduzir a quantidade de carboidrato consumido, a quantidade de gordura corporal também sofrerá uma redução, estando associada ou não a perda de peso!

A redução de carboidrato na alimentação, principalmente o carboidrato simples está associado, além da redução da gordura corporal, com a redução do risco de desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2, acidente vascular cerebral (AVC) e doenças cardiovasculares.

Café da manhã

O café da manhã é a principal refeição do dia.

Depois de uma noite de sono, precisamos de energia para acelerar o metabolismo e iniciar bem o dia.

Pular o café da manhã, pode reduzir a capacidade que o organismo tem de queimar gordura corporal, com a finalidade de poupar a energia que você consome em outros períodos.

Porque sabe que você irá ficar em jejum novamente posteriormente.

Evite isto

Existem alguns alimentos, ou grupos alimentares importantes a serem evitados se deseja perder gordura. São eles:

  • Embutidos. Como o salame, presunto, peito de peru, mortadela, salsicha, linguiça, entre outros;
  • Frituras;
  • Bolos, principalmente os feios com farinha branca;
  • Bolachas de farinha branca;
  • Chocolates (exceção para os amargos);
  • Balas;
  • Refrigerantes;
  • Bebidas alcoólicas.

Perder gordura instantaneamente

Não existe alimentação que seja milagrosa. Que irá reduzir a gordura corporal de forma instantânea.

Ela, quando feita de forma correta, ajuda sim.

Mas será necessário muito comprometimento e força de vontade para que isso ocorra.

Mudanças necessárias

É preciso mudar a alimentação, assim como trazer hábitos saudáveis para a sua vida.

Assim, é possível reduzir a gordura, de modo que ela não volte.

Relação alimentar e gordura

Alimentação é, ou pelo menos deveria ser, o primeiro passo a ser analisado para queimar gordura.

A alimentação tem relação direta com a gordura do corpo, principalmente aquela localizada na região abdominal, que normalmente está associado com a ingestão de calorias vazias, feita geralmente através de carboidratos simples, como:

  • Pães;
  • Bolos;
  • Massas;
  • Doces;
  • Refrigerantes;
  • Bebidas alcoólicas.

Contando calorias

Quanto maior for o consumo de calorias, e menor for o gasto de energia, maior será o armazenamento de gordura no organismo.

Então, é necessário ter o equilíbrio da quantidade de calorias ingeridas, e da quantidade de calorias gastas.

Mas, obviamente, não é apenas a quantidade de calorias que influencia.

Temos também que considerar a qualidade da alimentação.

Você pode passar o dia apenas com uma barra de chocolate, ou você pode passar o dia com o consumo de verduras, legumes e frutas tendo a mesma quantidade de calorias.

Gordura abdominal

A gordura abdominal além de ser um fator estético muito importante para a maioria das pessoas, também está associado à saúde.

Estudos mostram a relação do aumento da circunferência abdominal com:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Colesterol;
  • Diabetes;
  • E hipertensão.

Tecido adiposo branco x tecido adiposo marrom

Muitas pessoas querem emagrecer, falando em “zerar” a quantidade de gordura corporal, mas o que muitos não sabem, é que a gordura corporal, através do tecido adiposo, tem funções importantes no nosso organismo, não podendo nunca ser eliminada totalmente!!! :O

O tecido adiposo, é o tecido responsável por armazenar gordura em nosso corpo.

E é também a nossa principal forma de reserva de energia.

Temos dois tipos de tecido adiposo: branco e marrom.

Tecido adiposo branco

O tecido adiposo branco está distribuído abundantemente em todo o nosso organismo.

O seu tamanho depende da quantidade de gordura armazenada.

Sua função

Ele tem como função te proteger mecanicamente, amenizando o impacto de choques e permitindo um adequado deslizamento muscular, sem comprometer a integridade da musculatura.

Onde está localizado

Além disso, por estar presente em todo o organismo, incluindo as camadas inferiores da pele.

É considerado um isolante término excelente.

É daqui que vem a história de que pessoas com maior quantidade de gordura corporal sentem menos frio.

Ele também participa do processo de excreção de hormônios, fundamentais para o funcionamento do organismo.

Tecido adiposo marrom

O tecido adiposo marrom é um tecido termogênico.

Responsável por regular a produção de calor e temperatura corporal.

Não tendo a finalidade de armazenamento de gordura corporal como o tecido adiposo branco.

Importância do sono

Enquanto dormimos, o organismo produz um hormônio chamado leptina.

Este hormônio é responsável pelo controle da sensação de saciedade durante o dia.

Quando não conseguimos dormir bem, seja com relação à duração do sono, ou à sua qualidade, ocorre uma deficiência na produção desse hormônio, causando, muitas vezes, descontrole alimentar.

Além disso, pessoas que dormem menos do que deveriam, apresentam menor redução de gordura corporal e maior perda de musculatura, comparado a quem consegue ter uma noite de sono adequada.

Quantas horas por noite?

A quantidade de horas de sono necessária, vai depender de cada pessoa.

O ideal é aquele período que você acorda sozinho e se sente bem!

Para algumas pessoas, podem ser 5 horas. Já para outras, pode ser em torno de 10 horas.

Você precisa conhecer o seu corpo para descobrir o quanto é ideal para você.

Importância do hábito

Um hábito é a repetição de um ato até que se torne regra.

Ou seja, introduzir uma ação no seu cotidiano, de tal forma que se torne natural, até se tornar uma atitude que você não precisa pensar e se esforçar para realizar.

Para que isso aconteça, é necessário bastante esforço e dedicação, porque é necessário que você mude os seus comportamentos.

Mas não precisa se martirizar. Faça isso de pouco a pouco.

Uma boa forma de começar, é eliminando alguns hábitos, os negativos, substituindo por outros hábitos, os positivos.

E não é realizar uma determina ação uma única vez que já passa a ser um hábito!

É preciso realizar essa ação durante vários dias, para que realmente se torne um hábito.

Um exemplo são os hábitos alimentares saudáveis.

Não é porque você comeu uma fruta de lanche da tarde em um único dia, que isso já se tornou hábito.

Tudo que se torna hábito, fica mais fácil de ser realizado.

Mas ainda precisa é preciso ter dedicação para que não caia no esquecimento!!!

E para que este não acabe naturalmente sendo substituído por outro hábito, talvez um negativo.

Inimigos dos hábitos

Até que uma ação vire parte da rotina, é necessário dedicação.

Mas existem dois inimigos importantes, que podem estar presentes em você. E que vão impossibilitar que isso se torne realidade:

A preguiça e a postergação ou procrastinação.

A preguiça é um desejo diante de um prazer imediato.

Você precisar preparar a salada para o seu almoço, mas está tão bom ficar deitado na frente da televisão…

Já a postergação, ou procrastinação, é deixar para depois, para amanhã, o que você poderia fazer agora, hoje.

É aquela dieta você sempre deixar para a próxima segunda, próximo mês ou até no próximo ano.

O que é um hábito alimentar saudável?

A melhor forma de ter uma alimentação saudável, é através da reeducação alimentar, que irá trazer na sua rotina de vida vários hábitos alimentares saudáveis.

A reeducação alimentar serve para:

  • Melhorar a alimentação cotidiana;
  • Equilibrar os alimentos e nutrientes consumidos (calorias, carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais);
  • Reduzir hábitos inadequados da alimentação;
  • E realizar algumas trocas que te auxiliam a reeducar o seu organismo pouco a pouco.

Estas são as melhores formas de queimar gordura.

Porque promovem uma mudanças de hábitos, que vai garantir que essa queima calórica não corra do dia pra noite, fazendo com que, consequentemente, seja mais duradoura.

Conte aqui embaixo qual a forma de queimar gordura que melhor funciona pra você, ou qual você quer tentar.

Você sabe para onde vai a gordura que perdemos?