Entenda como funciona o tratamento ortomolecular para emagrecer. Sua dieta ficou famosa em 2010 e até hoje faz a cabeça, e o corpo, de muita gente. Mas você sabe o que é essa dieta e por que ela promete lhe fazer emagrecer de uma vez por todas?

Baseada na idéia de que nosso corpo nos mostra qual o perfil ideal de nutrição que temos que seguir, a medicina ortomolecular é cara mas tem sido muito utilizada, principalmente por celebridades em todo o país.

Dieta ortomolecular

A atriz Giovanna Antonelli por exemplo, chegou a perder 20kg com o tratamento após sua gravidez.

A eficácia da dieta acontece porque com o tratamento é possível corrigir algumas deficiências bioquímicas, e equilibrar nosso organismo, promovendo um emagrecimento saudável e seguro e com uma dieta única, feita exclusivamente para você, de acordo com as necessidades de seu corpo.

Mas se engana quem pensa que o tratamento ortomolecular para emagrecer é o único que existe. Este tipo de tratamento é também um dos preferidos por quem busca combater os sinais da idade, ou os problemas capilares e de pele.

Como funciona

A Dieta Ortomolecular chegou ao mercado das dietas com o status de ser mais rápida e mais eficaz, mas nem todo mundo sabe realmente como ela funciona.

A primeira coisa a se fazer é procurar por um especialista na área e contar toda a sua trajetória de perda de peso. Com os dados em mãos, será a hora de fazer uma bateria de exames como os convencionais de sangue, urina, mineralograma e até mesmo parasitório. No mileralograma, por exemplo, o médico irá investigar se você possui alguma deficiência de minerais e se não está contaminado com algum metal pesado.

Quando os exames chegarem ao médico, será a hora dele prescrever, de acordo com as necessidades de seu organismo, fórmulas manipuladas que tenham como objetivo retomar o equilíbrio de seu corpo, o que fará com que seu organismo não retenha líquidos, que os picos de insulina não ocorram e até que sua glicemia fique controlada. Mas se engana quem pensa que o tratamento é feito apenas a base dessas fórmulas.

Este tratamento ortomolecular para emagrecer também consiste na implantação de uma alimentação adequada, capaz de excluir de sua rotina alimentar tudo aquilo que faz mal, e todos os produtos industrializados. Sim, a dieta ortomolecular segue o processo in natura: quanto mais fresco for o alimento, melhor para você e para a sua saúde.

Com essas as alimentares seu organismo sofrerá modificações significativas que farão com que seu intestino melhore, a eliminação de toxinas seja mais efetiva, assim como a absorção dos nutrientes, entre outros benefícios. Tudo isso fará com que a queima de gordura aconteça de forma mais acelerada,  permitindo que os resultados apareçam já no primeiro mês do tratamento.

Dicas Do Tratamento Ortomolecular Para Emagrecer

Quem inicia um processo de emagrecimento com a ajuda da Dieta Ortomolecular sabe que algumas dicas dadas pelos especialistas podem ajudar, e muito, em todo o processo, além de fazerem com que nossa alimentação seja a mais saudável possível. Por isso, listamos algumas das medidas que são tomadas em paralelo com os medicamento e alimentação e que podem lhe ajudar muito na hora de perder peso:

  • Não cozinhe demais os seus alimentos: Quanto mais cozidos eles estiverem, menor será a quantidade de nutrientes.
  • Não guarde frutas e verduras na geladeira por mais de 3 dias, o refrigeramento também faz os nutrientes desaparecerem dos alimentos.
  • Coma apenas de 3 em 3 horas, nem mais nem menos. Com muito tempo de jejum seu cérebro entenderá que você está passando fome, e é aí que você engorda. Com menos tempo de jejum seu organismo não precisa do alimento e também o acumula.
  • Não beba durante as refeições. O líquido dificulta a digestão, além de dilatar o estômago e fazer você comer mais do que está acostumado.

Se quiser saber melhor como o tratamento ortomolecular para emagrecer funciona, e conhecer um cardápio de sua dieta, veja o post Dieta Ortomolecular.