O treino metabólico é um dos itens que pode acelerar nossa queima calórica e nos dar um ânimo a mais para continuar no ritmo ideal para eliminar de uma vez por todas aqueles quilos extras que adquirimos ao longo dos anos.

Este tipo de treino garante que com poucos minutos realizados algumas vezes por semana, seja possível esculpir o corpo, queimar gordura e afinar a cintura. E o melhor: tudo isso sem sair de casa.

O Que É Treino Metabólico

Treino metabólico

Criado nos Estados Unidos, o treino metabólico chegou ao país com a possibilidade de mudar o modo como as pessoas vêem a musculação. Ele não é realizado com uma carga alta e pode ser feito apenas com a ajuda de alguns aparelhos, e com o próprio peso do corpo.

O Treino Metabólico nada mais é do que um treino de alta intensidade feito de forma intervalada, e que pode acabar com mais de 300 calorias em apenas 30 minutos. Esse tipo de treinamento ganhou espaço por possibilitar que pessoas que não tem muito tempo para malhar, ou que não gostam de praticar musculação ou frequentar a academia, pudessem alcançar resultados satisfatórios e esculpir o corpo como sempre quiseram.

A idéia do treino metabólico é uma só: proporcionar uma série de estímulos ao seu corpo, para que assim você consiga turbinar seu metabolismo, queimar mais gordura, e ganhar mais massa muscular.

Como realizar um treino metabólico

Antes de mais nada é preciso entender que não existe um único treino metabólico. Ele normalmente é montado de acordo com as necessidades do aluno, e combina um número maior de repetições que são praticadas em alta intensidade, e que possuem intervalos de descanso entre as séries (como no caso do hiit, uma das formas mais eficazes de perder peso com exercícios).

O mais comum treino metabólico praticado é aquele no qual a pessoa realiza o que chamamos de super-séries, que nada mais é do que uma série de exercícios antagonistas e agonistas praticados em dupla.

Por exemplo: os antagonistas são exercícios praticados quando você realiza um exercício de extensão seguido de um de contração. Ou seja, um tem sempre que ser contrário ao outro.

Para isso, basta executar a série de cada dupla de exercícios, e fazer uma pausa de 30 segundos antes de cada repetição. O melhor é que esses exercícios podem ser praticados com a ajuda de alguns apoios e pesinhos, que podem ser feitos com material que você possui na sua própria casa, como garrafas d’ água cheias de arroz ou feijão.

O treino metabólico une baixa carga de peso com mais repetições, para dessa forma aumentar a tensão muscular. Assim, as chances de acontecer um abalo muscular são maiores e favorecem o processo de recuperação de tecido muscular e, consequentemente, do aumento de músculos.

Treino metabólico

Os exercícios são realizados com pequenos intervalos por um motivo importante para quem quer perder peso: aumentar a queima calórica.

Toda vez que realizamos um exercício intenso, damos uma pequena pausa e voltamos ao exercício. Desse modo, recomeçamos o exercício com uma limitação energética, e isso faz com que o músculo seja capaz de aumentar o uso de sua reserva energética, que além de possibilitar que você queime mais gordura, ainda aumenta a vascularização e possibilita um crescimento muscular mais efetivo.

No entanto, alguns especialistas afirmam que diferente da musculação tradicional o Treino Metabólico não apresenta benefícios ao longo prazo, já que o seu corpo só responde ao treinamento conforme ele é realizado.

Com isso, ao parar de praticar o treino metabólico é possível que seu corpo volte ao normal em pouco tempo, diferente dos benefícios da musculação que são mais duradouros e que permitem que seus músculos tenham uma memória, capaz de ser ativada assim que você volta aos treinamentos.