Com três dicas fáceis de seguir você vai aprender a vencer os desafios da dieta, e entender o porquê você pode estar sabotando a sua.

Dieta nada mais é do que uma prescrição alimentar feita por um profissional habilitado de forma exclusiva para cada paciente. Desse modo, você se alimenta da maneira correta para o seu organismo funcionar bem. Mas a quantidade de dietas que surgiram com o passar dos anos, e a ineficiência da maior parte delas, fez com que muita gente relacionasse a palavra com uma carga negativa, capaz de causar uma série de dúvidas.

Uma dieta é completa e fornece a você todos os nutrientes necessários para o seu corpo, levando em conta a quantidade de calorias diárias que você deve consumir. Ela pode ser ajustada em alguns momentos, com uma quantidade menor de calorias quando você está acima do peso, ou até mesmo para uma quantidae maior caso você esteja com o déficit de peso.

Além disso, ela também é indicada de acordo com as condições fisiológicas, e distribui a quantidade de gorduras, proteínas e açúcares em cada uma das refeições.

Os desafios de uma dieta

Como vencer os desafios da dietaPara algumas pessoas, fazer dieta significa deixar de lado os prazeres que sempre se teve na comida. Com isso surge uma série de desafios, que farão com que você não tenha sucesso nesse novo planejamento, ou que acabe voltando aos hábitos antigos, não conseguindo conquistar uma vida mais saudável, perder peso ou ganhar massa magra.

1 – Desmotivação

O primeiro desafio encontrado em uma dieta é a chance de se desmotivar com facilidade. E isso pode acontecer por conta da restrição de um grupo alimentar (ou alimento) com o qual você estava acostumado, mas que agora foi completamente retirado de seu cardápio.

2 – Entrar em uma nova rotina

Não importa se ela for física ou alimentar, uma nova rotina é motivo de estresse para muita gente e isso pode fazer com que você se desmotive e abra mão de um novo cardápio em busca de uma vida mais saudável e um corpo com menos gordura.

3 – Pesar-se constantemente

Algumas pessoas quando entram em dieta querem ter resultados rápidos e passam a se pesar com uma frequência muito maior, o que não é aconselhável visto que o corpo necessita de um tempo para se acostumar e começar a eliminar peso. E isso pode fazer com que você também se desmotive e imagine que está “sofrendo” demais para não conseguir aqueles resultados que havia imaginado.

Outro item está no fato de que muita gente se olha no espelho, mas não vê a diferença de peso que a balança acusa. Isso é natural e acontece porque o corpo necessita de mais tempo para apresentar mudanças significativas e visíveis.

Vença os desafios da dieta

Para vencer todos os desafios existentes em uma dieta é preciso que você tenha foco e um objetivo claro. Pessoas que sabem o que querem e se focam naquilo dificilmente se deixam levar por “compensações” instantâneas e racionalizam mais na hora de se alimentar.

Esses desafios também podem ser superados com a ajuda de amigos, de um diário ou até mesmo da conversa com pessoas que estejam passando pela mesma situação. Trocar experiências faz com que você perceba que os obstáculos são comuns, e que você pode vencer cada um deles com dicas de quem já passou por aquilo.

Porquê você sabota a sua dieta

Sabotar a dieta é mais comum do que se imagina. Muitas pessoas pensam que estão fazendo tudo certo, mas a verdade é que aos poucos sabotam o próprio processo de emagrecimento, o que faz com que elas se questionem se realmente conseguem alcançar a meta que traçaram.

Um dos itens campeões na hora de sabotar a dieta é o consumo de produtos industrializados como: creme de ricota, requeijão light, molho de tomate pronto, barras de cereal, shakes prontos, entre outros. Esses itens possuem alto teor de sódio, além de conservantes que acabam prejudicando o trabalho de suas células, fazendo com que você retenha líquidos e até ganhe peso. Além disso, esses alimentos dão a falsa sensação de que podem ser consumidos sem muito controle.

Leia também: Como fazer uma dieta eficiente

As barras de cereal com chocolate são um exemplo. Elas tem um valor calórico relativamente alto para um lanche, e o chocolate presente em sua composição pode ainda ocasionar um “desejo” por uma guloseima mais calórica.

Se exercitar em exagero também é um modo de sabotar a dieta que nem sempre é contabilizado Quem pratica muita atividade física acredita que está apenas gastando calorias, mas a verdade é que exagerar na atividade pode fazer com que o seu organismo necessite de mais nutrientes, fazendo com que seja preciso aumentar a quantidade de calorias que você deve ingerir para perder peso.

Dicas para não sabotar a dieta

Para fugir dessas sabotagens e conseguir alcançar o corpo que você deseja é possível colocar em prática uma lista de dicas fáceis de serem executadas, e que no fim do mês te ajudarão a fazer os ponteiros da balança se mexerem com mais facilidade.

1- Tenha um momento tranquilo para se alimentar:

Nada de comer rápido ou de fazer as refeições em frente ao computador ou televisão. Se alimentar é, em parte, uma atividade visual e se você não prestar atenção no seu prato, dobram-se as chances de comer de forma exagerada.

Estipule também um tempo para se alimentar e se preciso, e você pode até controlar este tempo com um cronômetro. Essa dica é ideal para quem come depressa, o que dificulta a digestão alimentar e faz com que você retenha líquidos e sinta fome mais rápido do que deveria.

2 – Sucos não são totalmente liberados:

Eles são vistos como verdadeiros aliados das dietas, mas podem se tornar vilões quando consumidos em exagero. Isso porque um copo de suco não é feito apenas com uma porção da fruta, o que faz com que você aumente sem nem se dar conta a quantidade de frutose que ingere.

3 – Planeje suas compras e suas refeições:

Ao chegar ao supermercado certa do seu cardápio, você precisa evitar a compra de alimentos que podem fazer você furar a dieta. Como costumo dizer, é muito mais fácil “se segurar” na hora de comprar um doce do que depois que você já comprou e não pode comer naquele dia, ou tudo de uma vez (fica a dica).

Leia também: Não Importa A Dieta, Mas A Disciplina!